Sedã foi o primeiro modelo produzido na planta de Araquari (SC) em 2014

O Série 3 foi o modelo que inaugurou a planta do BMW Group em Araquari, Santa Catarina, em 2014. O sedã, que já era um sucesso no país, foi nacionalizado em sua 6ª geração e se tornou um dos primeiros modelos premium a ter produção local. Em toda sua história, foi também um dos primeiros a ter motorização turboflex.

Agora em sua 7ª geração, o BMW Série 3 chega a 25.000 unidades produzidas no Brasil. Na linha 2021, voltou a ter a motorização 2.0 turboflex, algo que ainda não tinha estreado nesta geração. Hoje, o Série 3 é produzido no Brasil apenas na versão 320i (GP, Sport GP e M Sport) - o 330i chegou a ser produzido, mas deu espaço ao híbrido 330e vindo da Alemanha. Dentro da linha, ainda há o M340i xDrive, com motor 6 cilindros turbo de 387 cv, também importado. Os preços do 320i vão de R$ 253.950 a R$ 274.950, enquanto os demais custam R$ 330.950 (330e) e R$ 506.950 (340i).

Para a linha 2021, o Série 3 nacional recebeu a Digital Key, desenvolvida com a ajuda dos engenheiros brasileiros e que permite abrir e dar a partida no carro pelo smartphone ou smartwatch. No ano passado, ao completar 5 anos de fábrica, o Série 3 recebeu a versão limitada 320i M Sport 5 Years Edition. 

Na mesma fábrica, são produzidos os SUVs X1, X3 e X4, e já foi local de nascimento da geração anterior do Série 1 e do Mini Countryman. 

Ouça nosso podcast

 

Galeria: BMW Série 3 5 Years Edition