Ford já cai para oitava posição

Se 2020 foi um ano bem difícil por conta da pandemia, 2021 também não começa muito animador - ao menos no mercado brasileiro de automóveis. Com pouco mais de 132 mil veículos emplacados até o dia 26 de janeiro, o primeiro mês do ano registra queda de 11,3% em relação ao mesmo período do ano passado. 

A falta de diversos veículos 0km nas lojas (por conta da escassez de matéria-prima e dólar nas alturas) e a consequente subida de preço dos carros novos, aliada a "segunda onda" da Covid-19, pode ajudar a explicar o momento atual. E já tem marca grande preparando nova tabela de preços para fevereiro...

Neste cenário, a Fiat está largando na frente com boa margem. A marca italiana agora tem nas picapes a sua principal força, com a Strada na segunda colocação do ranking (7.823 unidades até o momento) e a Toro em oitavo (4.229), com o Argo (3.976) fechando o top 10. 

No total, a Fiat está com 25.099 unidades emplacadas, conquistando 19% de market share, de acordo com os dados do Renavam e da Fenabrave. Em segundo vem a Volkswagen, com 21.994 carros (16,7% do mercado) e logo atrás a Chevrolet (campeã dos últimos 5 anos), com 21.378 emplacamentos (16,2% de participação). 

Comparativo: 208 x Onix x HB20
Jeep Renegade Moab 2021

Bem atrás, mas consolidando a 4ª posição, a Hyundai aparece com 12.245 unidades, seguida da Jeep (10.169), Toyota (8.403) e Renault (7.888). A Ford, que decretou o fechamento de suas fábricas brasileiras no começo do mês, já caiu para oitavo, com 7.306 carros - e a expectativa é que possa até sair do top 10 quando acabar os estoques de Ka e EcoSport. Hoje, a Nissan é a 10ª colocada com 4.252 emplacamentos. 

Entre os modelos, a surpresa do ano por enquanto vem da Jeep, com o Renegade na quarta posição geral (6.070) e liderando o segmento de SUVs - o Compass vem em nono (4.093) e segue seu domínio entre os SUVs médios à espera dos novos rivais. Na ponta, o Chevrolet Onix começa mais uma temporada na frente (8.522), embora sem muita margem para a Strada (7.823) e Hyundai HB20 (6.530), que fecham o pódio. 

Comparativo: Nivus x Strada x Onix
Teste: Toyota Corolla GLI

O veterano Gol ainda segue mostrando força como o VW mais vendido, na 6ª posição e com 4.918 unidades), uma posição à frente do T-Cross (4.495), segundo colocado entre os SUVs. Já o Nivus (2.894) entra em 2021 como terceiro carro mais importante da marca, na 16ª colocação. 

Quem parece que terá um ano complicado é o líder dos sedãs médios. O Toyota Corolla começa 2021 numa modestíssima 24ª posição, com 1.674 unidades, atrás da Ford Ranger (1.705) e ameaçado pelo veterano Fiat Uno (1.651). E a situação tende a piorar para o modelo a partir de março, quando estreia o SUV Corolla Cross, que deve ser um inimigo dentro da própria marca - assim como o HR-V tomou espaço do Civic na Honda.   

Na semana que vem voltamos ao assunto com os dados completos de janeiro. Fique ligado!   

Fotos: divulgação e Motor1.com 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com