Fibra de carbono é algo comum neste sedã (muito) rápido

Estamos esperando este momento há mais ou menos 7 meses. A reestilização do BMW M5 foi apresentada em junho de 2020 e já se falava sobre a versão CS pouco tempo depois. Desde então, foram diversos flagras e a própria BMW divulgou um teaser. Agora ele está por completo - e rápido. 

O quão rápido? Antes de responder esta pergunta, aqui está o que você precisa saber. A BMW disse que o M5 CS é 104 kg mais leve que a antiga versão mais potente, o M5 Competition. O super sedã é também mais potente - na verdade, o mais potente M já feito -, com 645 cv extraídos do já conhecido V8 4.4 biturbo. A transmissão com câmbio automático de 8 marchas e sistema de tração integral xDrive não mudam, mas pneus com maior grip ajudam a colocar toda essa força no chão. 

2022 BMW M5 CS Rear View
2022 BMW M5 CS Engine

Os números são um pouco diferentes do que a BMW tinha divulgado antes. Mas é o suficiente para entender como o M5 CS chega aos 100 km/h em apenas 3 segundos e a 200 km/h em 10,4 segundos. A velocidade máxima é limitada em 304 km/h, mas ele chega a isso um pouco mais rápido que o M5 normal. Não é ruim para um hipercarro, mas não esqueça que estamos falando de um sedã com tração integral e espaço para 4 pessoas. 

Por dentro, o M5 CS tem os belos bancos M em fibra de carbono em preto e com costuras vermelhas. No banco traseiro há outro par de bancos, separados por um console central, que garantem que os passageiros não escorreguem. Todos os assentos têm o desenho de Nürburgring, onde protótipos do M5 CS foram vistos diversas vezes. Há boatos que ele pode ser o novo sedã mais rápido de lá, mas por enquanto a BMW não falou nada oficialmente. 

Galeria: BMW M5 CS 2022

Outros detalhes no interior incluem a marca CS nos bancos, portas e no painel. Um novo apoio de braços fixo no console central substitui o anterior que abre, algo que a BMW diz que economiza um bom peso. Ele não chega a ser depenado como um carro de corrida, então ainda há confortos e um sistema multimídia com tela de 12,3". 

Por fora, percebemos de cara as rodas douradas e o acabamento em fibra de carbono. A BMW chama a cor de Gold Bronze, e além das rodas está nas grades e em outros detalhes. Fibra de carbono reforçada é utilizada no capô (que recebeu entradas de ar), no splitter dianteiro, difusor de ar traseiro, spoiler traseiro e capas dos retrovisores. A capa do motor também usa o material que, segundo a BMW, economiza 70 kg no conjunto completo de peças do material mais leve. 

2022 BMW M5 CS Rear Seats
2022 BMW M5 CS Seat Headrest Nurburgring

Por baixo disso tudo, a BMW não mudou muita coisa no já surpreendente M5. Novas molas e ajustes nos amortecedores são as principais diferenças, adaptando o carro ao menor peso. Pneus aro 20" Pirelli P Zero Corsa revestem as rodas, com medidas 275/35 na dianteira e 285/35 na traseira. E para mostrar o berço das corridas do super sedã, as luzes diurnas em L são amarelas. 

O novo BMW M5 CS será ofertado apenas no modelo 2022, com uma edição limitada por 1 ano. Na Europa, custará 199.900 euros (cerca de R$ 1.300.000 numa conversão direta). 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com