Mercado norte-americano aguarda pela nova versão GTI para este ano, também prevista para o Brasil

Não é só no Brasil que o Volkswagen Golf terá uma oferta limitada a versões mais caras como a GTI. O hatchback médio encerra sua produção no México, afetando o mercado norte-americano de forma a não ter mais as variantes convencionais à venda. É a primeira vez desde 1974 que os Estados Unidos não terão o Golf nas concessionárias - temporariamente, pois a nova geração estreia neste ano.

O fim da produção do Volkswagen Golf no México já era esperado, pois a oitava geração será feita exclusivamente na Alemanha, após um acordo com o sindicato alemão. No seu lugar ficará o Taos, crossover médio que será montado na linha de montagem em Puebla (México) - e que veremos no Brasil no 2º trimestre, importado da Argentina.

Galeria: Volkswagen Golf - Todas as gerações

Com o fim do Golf mexicano, o hatch ficará alguns meses longe das concessionárias norte-americanas, até que a Volkswagen faça o lançamento da linha 2022, trazendo a nova geração nas versões GTI e R. É algo próximo do que é esperado para o carro no Brasil, vindo nas opções GTI e na híbrida GTE. A versão GTI conta com um motor 2.0 turbo de 245 cv, enquanto o GTE tem os mesmos 245 cv, mas usa um motor 1.4 turbo e um elétrico.

Para os EUA, é a primeira vez em 46 anos que o Golf deixa de ser vendido no país, enquanto no Brasil o carro já encerrou suas vendas pela 2ª vez. O hatchback teve 25 anos de vida no nosso mercado, até que a marca parou de oferecê-lo em setembro de 2019. Isso durou pouco, pois logo a Volkswagen iniciou as vendas do híbrido Golf GTE em um estoque limitado, que acabou encerrado em dezembro.

Apesar de não declarar oficialmente que a oitava geração do Golf virá ao Brasil, executivos da marca já deram indicações de que o hatch viria logo ao país - e poderia até ter chegado em 2020, se não fosse pela disparada do dólar e a pandemia. Em outros momentos, pessoas ligadas à marca disseram que o Golf continuaria a fazer parte da linha da Volkswagen, sendo um produto importante como uma "vitrine" das tecnologias da empresa".

Envie seu flagra! flagra@motor1.com