Outros destaques vão para o Volvo S60 e o Porsche Panamera

O segmento de sedãs premium manteve trajetória de baixa pelo 3º ano consecutivo. De acordo com os números oficiais da Fenabrave e da Abeifa, foram emplacadas 12.470 unidades em 2020, 13,05% a menos do que em 2019 – uma retração de menos da metade da registrada pelo mercado como um todo no período (-26,62%)

Preferido entre os modelos médios pelo 2º ano seguido, desta vez o BMW Série 3 sobrou. Com 5.170 emplacamentos, mais do que o dobro do vice-líder e quase 40% a mais do que em 2019, o carro-chefe da marca bávara registrou um incremento superior a 15 pontos percentuais em sua participação de mercado (43,89%). Em 2019, vale ressaltar, a vantagem do Série 3 sobre o rival mais próximo havia sido de apenas 135 unidades.

Nº 1 entre 2015 e 2018, o Mercedes Classe C (2.164) perdeu praticamente 40% de seus compradores – a nova geração, a ser lançada nos próximos meses, possivelmente chegará ao Brasil até o final de 2021 e só deve voltar a ser efetivamente competitiva para disputar a liderança a partir de 2022. Também com forte queda, o Audi A3 (1.866) novamente completou o pódio.

Porsche Panamera Turbo S (2021): Traseira

Modelo que prometia brigar mais forte entre os líderes, o Mercedes Classe A Sedan (1.120) cresceu mais de 50% no período, mas ainda ficou longe de ameaçar os 3 primeiros colocados – o top 4, aliás, foi exatamente o mesmo do ano anterior. Além do Série 3, o outro grande destaque de 2020 foi o Volvo S60 (792) – lanterna do segmento em 2018 -, com mais do que o dobro das vendas do último ranking.

Com apenas 176 emplacamentos, o Audi A4 foi batido pelo irmão A5 (235) pelo 2º ano seguido, ambos com quedas superiores a 65%, e por pouco também não foi superado pelo Mercedes CLA (160), que amargou queda ainda maior (-69%). Único estreante, o BMW Série 2 Gran Coupé (70) só não foi o lanterna porque o Jaguar XE (26) manteve a posição que já havia ocupado em 2019.

Após 3 anos seguidos no topo entre os modelos mais sofisticados e mesmo com o reforço da versão híbrida 530E, o BMW Série 5 (109) recuou mais de 76% e perdeu a posição de honra para o Porsche Panamera (127), líder pela 1ª vez. Em 6º no ranking anterior, o Volvo S90 (96) venceu por apenas 1 unidades o Mercedes Classe E (95) e assegurou seu 1º pódio anual.

BMW Série 7 2020

Nenhum modelo, no entanto, cresceu tanto quanto o Série 7: com 78 unidades, a maior parte da versão híbrida 745Le, o sedã top de linha da BMW saltou da 8ª para a 5ª posição graças a um avanço de quase 130%. Com nova geração nas lojas, o Audi A6 (65) foi o 6º.

Com 13 unidades, o Jaguar XF voltou a aparecer entre os 10 primeiros colocados. Modelo com potencial para figurar entre os líderes ao longo de 2021, o recém-lançado Porsche Taycan foi o preferido por 4 consumidores.

Ausente em 2019, a Rolls-Royce emplacou um único Phantom no ano passado, assim como o Maserati Ghibli.

EM DEZEMBRO

Entre os sedãs médios, o BMW Série 3 encerrou o último mês de 2020 com 628 emplacamentos, seu melhor resultado desde as 660 unidades de outubro de 2019. Com promoções realizadas pelas concessionárias, o vice-líder Mercedes Classe C (379) não tinha um desempenho tão bom há exatos 2 anos (388). Pódio nos últimos 5 meses, o Audi A3 (118) desta vez ficou de fora.

volvo-s60-t8-polestar-engineered

O responsável por isso foi o Volvo S60 (150), que teve o seu melhor momento comercial desde novembro de 2011 (188). Com versão reestilizada nas concessionárias, o Audi A4 (51) teve seu mês mais forte em 2020 e foi o 5º, à frente do Mercedes Classe A (43) que perdeu quase ¾ das vendas do ano anterior. Com 18 unidades, o BMW Série 2 Gran Coupé registrou seu novo recorde.

Entre os modelos maiores, a BMW conseguiu uma inédita dobradinha, com Série 5 (18) – que há um ano havia emplacado 44 unidades - à frente do Série 7 (15), que jamais havia vendido tanto. Preferido em novembro, o Volvo S90 emplacou as mesmas 15 unidades do top de linha da marca alemã. Vice-líder no mês anterior, o Porsche Panamera (5) ficou fora do top 5.

Veja os rankings abaixo:

EM 2020
 

Sedãs Médios Premium 

  

POS. 

MODELO 

TOTAL 2020 

% 2020 

TOTAL 2019 

% 2019 

% VARIAÇÃO 20/19 

POS. 2019 

1º 

BMW SÉRIE 3 

5170 

43,89% 

3700 

28,49% 

39,73% 

 

2º 

MERCEDES-BENZ CLASSE C 

2164 

18,37% 

3565 

27,45% 

-39,30% 

 

3º 

AUDI A3 SEDAN 

1866 

15,84% 

2701 

20,80% 

-30,91% 

 

4º 

MERCEDES-BENZ CLASSE A SEDAN 

1120 

9,51% 

740 

5,70% 

51,35% 

 

5º 

VOLVO S60 

792 

6,72% 

373 

2,87% 

112,33% 

 

6º 

AUDI A5 

235 

2,00% 

673 

5,18% 

-65,08% 

 

7º 

AUDI A4 

176 

1,49% 

552 

4,25% 

-68,12% 

 

8º 

MERCEDES-BENZ CLA 

160 

1,36% 

517 

3,98% 

-69,05% 

 

9º 

BMW SÉRIE 2 GRAN COUPÉ 

70 

0,59% 

0,00% 

- 

10º 

JAGUAR XE 

26 

0,22% 

164 

1,26% 

-84,15% 

 

  

  

11779 

100,00% 

12985 

100,00% 

-9,29% 

  

Sedãs Grandes Premium 

  

POS. 

MODELO 

TOTAL 2020 

% 2020 

TOTAL 2019 

% 2019 

% VARIAÇÃO 20/19 

POS. 2019 

1º 

PORSCHE PANAMERA 

127 

18,38% 

186 

15,56% 

-31,72% 

 

2º 

BMW SÉRIE 5 

109 

15,77% 

448 

37,49% 

-75,67% 

 

3º 

VOLVO S90 

96 

13,89% 

59 

4,94% 

62,71% 

 

4º 

MERCEDES-BENZ CLASSE E 

95 

13,75% 

165 

13,81% 

-42,42% 

 

5º 

BMW SÉRIE 7 

78 

11,29% 

34 

2,85% 

129,41% 

 

6º 

AUDI A6 

65 

9,41% 

37 

3,10% 

75,68% 

 

7º 

LEXUS ES 

42 

6,08% 

141 

11,80% 

-70,21% 

 

8º 

MERCEDES-BENZ CLS 

26 

3,76% 

67 

5,61% 

-61,19% 

 

9º 

AUDI A7 

21 

3,04% 

23 

1,92% 

-8,70% 

 

10º 

JAGUAR XF 

13 

1,88% 

0,59% 

85,71% 

12º 

11º 

MERCEDES-BENZ CLASSE S 

1,01% 

18 

1,51% 

-61,11% 

10º 

12º 

JAGUAR XJ 

0,87% 

0,67% 

-25,00% 

11º 

13º 

PORSCHE TAYCAN 

0,58% 

0,00% 

- 

14º 

MASERATI GHIBLI 

0,14% 

0,17% 

-50,00% 

14º 

15º 

ROLLS-ROYCE PHANTOM 

0,14% 

0,00% 

- 

  

  

691 

100,00% 

1195 

100,00% 

-42,18% 

  

 
EM DEZEMBRO

Sedãs Médios Premium 

POS. 

MODELO 

DEZ/20 

NOV/20 

DEZ/19 

% DEZ 20 

% NOV 20 

VARIAÇÃO DEZ/NOV 

VARIAÇÃO 2020/2019 

1º 

BMW SÉRIE 3 

628 

538 

517 

45,08% 

46,22% 

16,73% 

21,47% 

2º 

MERCEDES-BENZ CLASSE C 

379 

203 

351 

27,21% 

17,44% 

86,70% 

7,98% 

3º 

VOLVO S60 

150 

126 

144 

10,77% 

10,82% 

19,05% 

4,17% 

4º 

AUDI A3 SEDAN 

118 

193 

200 

8,47% 

16,58% 

-38,86% 

-41,00% 

5º 

AUDI A4 

51 

14 

53 

3,66% 

1,20% 

264,29% 

-3,77% 

6º 

MERCEDES-BENZ CLASSE A SEDAN 

43 

73 

165 

3,09% 

6,27% 

-41,10% 

-73,94% 

7º 

BMW SÉRIE 2 GRAN COUPÉ 

18 

10 

1,29% 

0,86% 

80,00% 

8º 

MERCEDES-BENZ CLA 

14 

0,22% 

0,34% 

-25,00% 

-78,57% 

9º 

AUDI A5 

113 

0,14% 

0,17% 

0,00% 

-98,23% 

10º 

JAGUAR XE 

0,07% 

0,09% 

0,00% 

-83,33% 

  

  

1393 

1164 

1563 

100,00% 

100,00% 

19,67% 

-10,88% 

Sedãs Grandes Premium 

POS. 

MODELO 

DEZ/20 

NOV/20 

DEZ/19 

% DEZ 20 

% NOV 20 

VARIAÇÃO DEZ/NOV 

VARIAÇÃO 2020/2019 

1º 

BMW SÉRIE 5 

18 

44 

23,38% 

4,94% 

350,00% 

-59,09% 

2º 

BMW SÉRIE 7 

15 

14 

19,48% 

11,11% 

66,67% 

7,14% 

3º 

VOLVO S90 

15 

22 

19,48% 

27,16% 

-31,82% 

114,29% 

4º 

MERCEDES-BENZ CLASSE E 

11 

12 

12 

14,29% 

14,81% 

-8,33% 

-8,33% 

5º 

AUDI A6 

11,69% 

9,88% 

12,50% 

80,00% 

6º 

PORSCHE PANAMERA 

20 

23 

6,49% 

24,69% 

-75,00% 

-78,26% 

7º 

AUDI A7 

1,30% 

2,47% 

-50,00% 

-66,67% 

8º 

LEXUS ES 

1,30% 

2,47% 

-50,00% 

-83,33% 

9º 

MERCEDES-BENZ CLS 

1,30% 

1,23% 

0,00% 

-83,33% 

10º 

PORSCHE TAYCAN 

1,30% 

1,23% 

0,00% 

  

  

77 

81 

120 

100,00% 

100,00% 

-4,94% 

-35,83% 

Fonte: Fenabrave e Abeifa

Galeria: BMW Série 3 330e 2020