Versão preparada de fábrica usará o mesmo conjunto mecânico do primo Yaris GR

Especulada há pelo menos 2 anos, a aguardada versão esportiva da nova geração do Toyota Corolla aos poucos vai tendo detalhes descobertos. Prova disso vem de matéria recente publicada pela revista britânica Autocar, com informações a respeito do projeto e apostas sobre o conjunto mecânico.

A novidade está sendo desenvolvida pela divisão esportiva Gazoo Racing e, assim como o irmão menor Yaris (europeu), carregará sobrenome GR. Trará uma série de diferenças em relação às demais opções do portfólio, sendo um legítimo veículo de desempenho. Conforma já explicou, os modelos da linha GR serão legítimos esportivos, enquanto a linha GR-S (Gazoo Racing Sport) focará em alterações leves e diferenças estéticas, caso do novo Corolla GR-S brasileiro.

Galeria: Toyota Corolla GR - Projeção

 

Mecanicamente, a publicação aposta na adoção do elogiado motor 1.6 turbo de 3 cilindros do GR Yaris. O propulsor é capaz de entregar 260 cv de potência e 36,7 kgfm de torque, sendo considerado um dos mais poderosos do segmento. A preparação exclusiva incluirá nova suspensão, freios e conjunto de pneus retrabalhados.

O conjunto será formado ainda por sistema de tração nas quatro rodas com distribuição de torque polarizada para a traseira e diferenciais de deslizamento limitado em ambos os eixos. Chama atenção ainda o fato de a Toyota fugir da eletrificação e apostar em um motor puro movido apenas a gasolina - algo cada vez mais raro no segmento.

Toyota Corolla GR - Projeção

Quando chegar ao mercado, o Corolla GR brigará diretamente com Ford Focus ST, Hyundai i30 N e Volkswagen Golf GTI. A estreia, porém, deve acontecer apenas no ano que vem ou, no mais tardar, 2023. A chegada ao Brasil, porém, está praticamente descartada, já que a carroceria hatchback não é oferecida por aqui. Teremos apenas a versão GR-S, baseada no sedã.