Apesar dos rumores, hot hatch deve manter motor 2.0 turbo e entregar um pouco mais do que os 315 cv atuais

As normas de emissões na Europa estão cada vez mais restritas. Depois de obrigar as fabricantes a investir nos motores 1.0 de três cilindros, agora a tendência é ter motorizações eletrificadas. Era o esperado para a nova geração do Honda Civic, principalmente na versão esportiva Type R, com rumores de que usaria um motor híbrido. Porém, uma nova reportagem diz que não será o caso e que o hatch manterá um propulsor sem qualquer auxílio elétrico.

De acordo com a revista britânica Autocar, a nova geração do Honda Civic Type R será "o último bastião" entre os carros da marca na Europa, o único a não usar uma eletrificação. E continuará a ser somente um hatchback, apesar da projeção que usamos aqui feita pelo X-Tomi Design imaginar como seria com uma carroceria sedã.

Galeria: Honda Civic Hatchback - Flagra

Apesar de todos os rumores dizendo que o novo Type R seria híbrido com tração dianteira e cerca de 400 cv, a publicação britânica diz que a Honda manterá a conhecida fórmula do hot hatch. Supostamente terá o 2.0 turbo de quatro cilindros usado atualmente, mas modificado para entregar mais potência do que os atuais 315 cv. A Autocar ainda diz que o Civic Type R não deve ficar muito mais potente pois irá manter sua tração dianteira.

A reportagem afirma que a entrega do torque será melhorada por uma modificação na resposta do turbocompressor. O carro atual já tem um desempenho exemplar, entregando seus 40,8 kgfm de torque entre 2.500 e 4.500 rpm. E, para os puristas que gostam de uma boa transmissão manual, a Honda já confirmou que o Type R continuará a oferecer uma versão com pedal de embreagem.

A Autocar afirma que "uma série de melhorias" serão feitas para aumentar o desempenho e eficiência, de forma a enfrentar o seu principal rival na Europa, o Volkswagen Golf GTI Clubsport. Ao menos já terá uma vantagem, pois o hot hatch da VW só pode ser comprado com a transmissão automatizada de dupla embreagem e 7 marchas.

A 11ª geração do Honda Civic foi revelada somente com um protótipo do sedã e a versão final será mostrada ainda no 1º trimestre deste ano. Manterá a versão Si, mas não na carroceria cupê com duas portas, que sairá de linha. A variante hatchback ficará para um segundo momento e o Type R só deve dar as caras no ano que vem.

Veja também

Envie seu flagra! flagra@motor1.com