Marca também produzirá o Wrangler e nova geração do Grand Cherokee por lá

A Jeep deverá dar continuidade ao programa de expansão na Índia com uma verdadeira ofensiva de lançamentos nos próximos anos. Presente no país desde 2016, a marca planeja lançar até 2022 pelo menos 4 novos SUVs, ampliando participação e cobrindo uma faixa muito maior do mercado. A ideia é reforçar a presença nos atuais nichos e passar a explorar também novos segmentos.

O primeiro dos 4 grandes lançamentos será o Compass reestilizado. Considerado o carro-chefe da marca no país, o SUV já foi apresentado na China com novo visual e deve estrear no mercado indiano no próximo dia 7. Ficará mais tecnológico e equipado, além de ganhar novidades específicas para o mercado local (incluindo novas versões e opções de acabamento).

Galeria: Jeep Compass 2022 (China)

Também será destaque o novo interior, com multimídia de 10,1 polegadas integrada com Amazon Alexa, Apple CarPlay sem fio e suporte Android Auto. O painel terá ainda inserções de couro, aço escovado e materiais aprimorados. Já sob o capô, o Compass indiano não terá o novo motor 1.3 turbo que estreará no Brasil - seguirá com os atuais 1.4 turbo a gasolina de 163 cv e 2.0 turbodiesel de 173 cv.

Novo SUV de 7 lugares

Outro importante lançamento será o tão falado novo SUV de 7 lugares. Conhecido internamente pelo codinome H6, o modelo terá posicionamento intermediário e será baseado em uma versão modificada da plataforma do Compass. Apesar do parentesco, será totalmente independente do primo do ponto de vista estético. Não à toa, será batizado com um novo nome (por enquanto ainda desconhecido).

“Não será um Compass. Será um SUV totalmente novo, com um novo nome no portfólio da Jeep. Será mais longo, mais largo e mais alto do que o Compass e forneceremos aos clientes toda a energia de que precisam”, disse Partha Datta, presidente e diretor administrativo da FCA India. Sob o capô, terá motor 2.0 turbodiesel com potência na casa dos 200 cv.

Flagra: Jeep de sete lugares (Brasil)
Novo SUV de 7 lugares

Chegará ao mercado indiano em 2022 (aproximadamente um ano depois do Brasil) e, assim como o Compass, será produzido localmente para abastecer não só a Índia como diversos outros países. Atualmente, o Compass indiano é exportado para mercados com direção do lado direito como Austrália, Reino Unido, África do Sul, Japão e Irlanda.

Falando em produção local, a marca também planeja montar na fábrica de Ranjangaon, em regime de CKD, mais dois modelos: o Wrangler e o Grand Cherokee de nova geração. O primeiro já é vendido no país e atualmente chega importado da fábrica de Toledo, nos Estados Unidos. O segundo, por sua vez, ainda não foi apresentado, mas vem sendo constantemente flagrado em testes e já está na fase final de desenvolvimento.

Jeep Baby SUV - Projeção
Baby Jeep - Projeção

Por fim, o quarto novo SUV será o tão falado baby Jeep - posicionado abaixo do Renegade e pensado para ser o modelo de entrada da marca em países emergentes. Terá menos de 4 metros de comprimento (medida que rende vantagens tributárias na Índia) e brigará diretamente com  Hyundai Venue, Suzuki Vitara Brezza e Kia Sonet. Será um modelo voltado para o público jovem, com direito à personalização e diversos recursos de conectividade no interior.

Fotos: Divulgação e Arquivo Motor1.com