Apresentação será durante exposição no litoral argentino; picape deve vir ao Brasil em 2021

A General Motors prepara-se para voltar a oferecer a picape Chevrolet Silverado em nossa região. O retorno começará pela Argentina, com a apresentação acontecendo amanhã, 30 de dezembro, em Cariló – o litoral argentino sempre conta com uma exibição anual das próximas novidades para o mercado automotivo do país. E, segundo informações anteriores, o Brasil também receberá a picape, mas somente em 2021.

Até o momento, a GM Argentina anunciou somente que fará um evento chamado “Paseo del Bosque Chevrolet”, começando amanhã e que irá até o dia 1 de fevereiro. A marca ainda diz que terá “surpresas e novidades” para compartilhar no evento. Só que o site GM Authority adianta que a Silverado estará lá, cumprindo o plano de apresentar a picape ainda neste ano para o mercado argentino.

Galeria: Chevrolet Silverado 2019

A promessa da chegada da Silverado à Argentina surgiu quando Ernesto Ortíz, vice-presidente de operações da GM América do Sul, deu uma entrevista à mídia do país vizinho. Na ocasião, o executivo disse que a Silverado chegaria por lá até o final do ano, de olho em uma estreia entre novembro e dezembro. Ortíz ainda disse que a picape também virá ao Brasil em seguida, embora não tenha revelado uma data certa de lançamento.

Não há qualquer informação no momento sobre qual será a versão oferecida, mas todas as apostas estão na variante 1500, para que fique dentro do limite de peso bruto total para uso da CNH categoria B no Brasil, da mesma forma que a Ram 1500. Um indicativo desta estratégia é a oferta da Silverado no Chile e Paraguai, onde é vendida na versão 1500 LT, com motor 3.0 turbodiesel de 280 cv e 63,5 kgfm de torque, acoplado ao câmbio automático de 10 marchas.

Um ponto que ajudará muito a Silverado na região é o fato de ser produzida no México, no complexo de Silao, chegando sem pagar o Imposto de Importação que assombra a Ram 1500, vinda dos EUA. Isso facilitará a vinda principalmente da versão diesel, com um preço bem competitivo em comparação à sua rival da Fiat-Chrysler, oferecida com motor a gasolina.