Exclusiva da China, variante alongada estreia facelift e importantes novidades tecnológicas

Oferecida na China desde o final de 2014, a variante alongada do Ford Edge (com entre-eixos ampliado e espaço para até 7 ocupantes) acaba de receber importantes atualizações visuais e tecnológicas. Exclusiva do mercado local, a versão adiciona o sobrenome Plus e traz com destaque o painel inteiramente redesenhado e 100% digital.

Semelhante ao MBUX da Mercedes-Benz, o conjunto é formado por duas telas de alta resolução posicionadas lado a lado (total de 21 polegadas), sendo uma responsável por abrigar as funções do quadro de instrumentos e a outra os comandos do sistema de entretenimento. O esquema será o mesmo empregado na próxima geração do Fusion, já flagrada em testes na inédita carroceria crossover.

Galeria: Ford Edge Plus 2021 - China

Além disso, o interior também conta ainda com nova iluminação ambiente e recursos como piloto automático adaptativo e comunicação do tipo V2X (tecnologia que integra o veículo à estrutura da cidade, fornecendo informações sobre trânsito e semáforos, por exemplo). Por fim, a lista de novidades inclui dianteira remodelada com novos para-choque e grade, além de rodas inéditas e nova tampa do porta-malas.

Na comparação com o Edge tradicional de 5 assentos e 4,779 metros de comprimento, o Plus  oferece uma terceira fileira de bancos e um total de 4,878 m de comprimento - diferença de 9,9 cm. Sob o capô, o motor 2.0 EcoBoost entrega 245 cv de potência e 39,7 kgfm de torque, sendo sempre associado ao câmbio automático de 8 marchas. A tração pode ser dianteira ou integral.

A gama de versões é composta pela variante tradicional e pela esportivada ST-Line, com detalhes pintados em preto e grade ligeiramente diferente. A produção é tocada localmente em parceria com a Changan.

Fotos: Divulgação

Envie seu flagra! flagra@motor1.com