Serão investidos mais de R$ 350 milhões em novo complexo, que começará operação em 2022

A Hyundai planeja uma expansão de suas operações no Brasil, desta vez com uma nova fábrica de motores. O projeto foi revelado por Barjas Negri (PSDB), prefeito de Piracicaba (SP), conforme revela o site Piranot. O novo complexo, fruto de um investimento acima de R$ 350 milhões, fará parte do Parque Automotivo da cidade e deve ficar pronto em 2022, gerando 150 empregos diretos num primeiro momento.

“A Hyundai, desde sua implantação, tinha no seu planejamento a construção da fábrica de motores no Brasil, e está confirmada em Piracicaba”, afirma Barjas Negri. O político destaca que a negociação levou dois anos e avançou em agosto deste ano, quando a fabricante encaminhou um pedido de análise de incentivos fiscais para a construção do complexo, com isenção do Imposto Sobre Serviços (ISS), que foi concedido no dia 21 de outubro.

Galeria: Hyundai em Piracicaba (SP)

Negri diz que a área usada será de 98 mil m², sendo que 16.250 m² servirão para a construção do complexo. No primeiro momento da fábrica, entre 2022 até 2025, o quadro de trabalhadores será de 150 empregados, subindo para 300 funcionários em 2026. O prefeito ainda destaca os empregos indiretos na fase de construção e, posteriormente, na cadeia de fornecedores.

João Antônio de Godoy, vice-prefeito de Piracicaba, acompanhou o pedido da Hyundai para os incentivos fiscais junto ao Conselho Municipal de Expansão e Desenvolvimento Industrial e Comercial (Comedic), além de outros departamentos e secretarias da prefeitura. “Nas reuniões com a direção da Hyundai, sempre discutimos a implantação da fábrica de motores e era colocado que esperavam o momento adequado e volume de produção”, revela Godoy.

Procurada por Motor1.com, a Hyundai Motor Brasil não se manifestou sobre as informações a respeito da fábrica de motores. Ainda não se sabe que motores serão feitos lá, mas tudo indica que será feita a nacionalização dos 1.0 Kappa e 1.6 Gamma que equipam HB20, HB20S e Creta, atualmente importados da Coreia do Sul. Também é esperada a estreia do 1.4 TGDI na próxima geração do Creta, já em testes no Brasil e que será lançada no 2º semestre de 2021. 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com