Havia expectativa de que versão brasileira tivesse mudanças no design, mas, se tiver, serão sutis

Desde que a nova geração do Creta foi mostrada no exterior, a Hyundai Brasil fez mistério sobre a mudança local, chegando a dizer que o modelo daqui teria mudanças visuais em relação ao (polêmico) visual adotado em outros mercados. Pois bem, agora o primeiro flagra do novo SUV no país, cedido gentilmente pela página Volta Rápida do Instagram, confirma que o visual será praticamente idêntico ao que já vimos lá fora.

As fotos feitas em São Paulo pelo seguidor do Volta Rápida Igor Oliveira mostram o novo Creta nacional ainda bastante coberto por panos pretos, o que indica fase intermediária de desenvolvimento dos protótipos. Mas a camuflagem não esconde o principal: o design será o mesmo que causou polêmica mundo afora, tanto pela dianteira com o conjunto óptico duplo quanto pela traseira de lanternas esticadas para baixo (e não mais horizontais como as do modelo atual). Até as rodas de liga são iguais às do carro asiático. Se houver mudanças exclusivas para o modelo brasileiro, elas serão sutis. 

Flagra: Novo Hyundai Creta 2022 no Brasil

Depois da reestilização do HB20, que também dividiu opiniões, a Hyundai Brasil vai apostar num visual, digamos, diferente para o Creta. A questão não é nem o conjunto óptico dividido, que faz sucesso em carros como a Fiat Toro e o Citroën C4 Cactus, mas sim o formato do farol principal, puxado para baixo, e da grade que passa a ser octogonal, em vez da hexagonal do modelo de hoje (embora a grade do carro flagrado pareça um pouco diferente do carro asiático).  

Se o estilo externo deve dar o que falar, a cabine vai evoluir tanto no desenho quanto no acabamento, assim como vimos no novo HB20. O Creta 2022 terá um novo volante e uma nova central multimídia, maior (com tela de 8" ou até 10,2") e mais destacada no painel, que também será totalmente redesenhado. Nas versões mais caras, espera-se também a adoção de um cluster parcialmente digital, com uma tela central ladeada por instrumentos secundários analógicos.

 

Nesta nova geração, o Creta ficou mais comprido, largo e ligeiramente mais baixo. Ao todo, são 4,30 metros de comprimento, 1,79 metro de largura e 1,62 metro de altura. Para efeito de comparação, o Creta atual mede 4,27 metros, 1,78 m e 1,63, respectivamente. A distância entre-eixos também foi modificada e agora chega aos 2,61 metros - ganho de 2 centímetros que deve se refletir no espaço interno.

Galeria: Novo Hyundai Creta - México

Já na parte mecânica, a novidade deverá usar o motor 1.0 TGDI (turbo e injeção direta) que estreou no HB20, com 120 cv e 17,5 kgfm, para o lugar do 1.6 aspirado. Já para substituir o 2.0 aspirado das versões mais caras, a aposta deve recair sobre o inédito 1.4 TGDI de 140 cv adotado em outros países, mas aqui devidamente adaptado à tecnologia flex. O câmbio deverá ser sempre o atual automático de 6 marchas, não devendo usar o DCT de dupla embreagem e 7 marchas oferecido lá fora. 

Pelo ritmo do desenvolvimento, o novo Creta deverá ser lançado no Brasil no segundo semestre de 2021, já como linha 2022. Como o modelo atual foi lançado no fim de 2016 e chegou às lojas no começo de 2017, daria cerca de cinco anos para a troca de geração - um tempo até curto para uma renovação deste porte, mas necessário por conta da concorrência cada vez mais acirrada neste segmento.  

Fotos adicionais: divulgação

 

Galeria: Flagra: Novo Hyundai Creta 2022 no Brasil