Ela emagreceu 18 kg e agora tem 112 cv, além de muita eletrônica

No que a maioria das pessoas caracterizaria como um ano monstruoso, a Ducati encerra 2020 com a apresentação da nova Monster 2021. Renovada no estilo e na mecânica, ela não é simplesmente o que acontece quando você mistura uma Yamaha MT-07 e uma MV Agusta Brutale no liquidificador - embora seja isso que aparenta à primeira vista. 

De acordo com a apresentação da Ducati, o briefing da equipe de design foi fazer um "ristretto", ou seja, retomar a essência do modelo. A marca italiana queria resgatar as raízes da Monster como uma moto naked leve e divertida para o dia a dia sem ficar muito nostálgica. Como uma evolução da Monster 821, sabe? É visualmente muito mais elegante e menos volumosa, além de bem mais agressiva.

Esse refinamento não é apenas superficial. O novo motor Testastretta 11 graus de 937 cc entrega 112 cv de potência a 9.250 rpm e 9,5 kgfm de torque a 6.500 rpm, e a Ducati diz que a faixa de torque está disponível numa rotação mais baixa - o que é uma vantagem definitiva para os pilotos, pois deixa a moto mais ágil.   

2021 Ducati Monster Rinaldi Front
2021 Ducati Monster Rinaldi On Track

O novo quadro frontal de alumínio da Monster 2021 é derivado da Panigale V4 e pesa apenas 3 kg - 60% menos que o quadro de treliça da geração anterior. Já o sub-chassi traseiro ficou 1,9 kg mais leve, ajudando a moto a ter um peso total (seco) de somente 166 kg, o que é um ganho de respeitáveis 18 kg na comparação com a Monster antiga.  

Galeria: Nova Ducati Monster 2021

Outros recursos incluem painel TFT colorido de 4,3", iluminação full-LED (incluindo setas), freios ABS com função curva, controle de tração, controle de empinada (anti-Wheelie), controle de largada e um novo câmbio de 6 marchas com quick-shifter para cima e para baixo. Os modos de pilotagem são três: Sport, Touring e Urban. E a manete da embreagem é mais leve e tolerante que do modelo anterior. 

A suspensão consiste num garfo invertido de 43 mm na dianteira e um monoamortecedor ajustável na traseira, junto com uma balança de alumínio. As rodas de liga leve vêm vestidas com pneus Pirelli Diablo Rosso III. Os freios são Brembro com disco duplo radial semi-flutuante de 320 mm na dianteira e disco simples de 245 mm na traseira. 

A nova Monster 2021 será oferecida em duas versões: regular e Monster +, que adiciona uma pequena carenagem e uma cobertura no banco traseiro. Ambas contam com três opções de cores, sendo Vermelho Ducati, Preto Fosco e Cinza Aviador com aros vermelhos fluorescentes. Nos EUA, os preços ficaram, acredite, mais baratos! O modelo 2021 custa US$ 11.895 na versão normal (cerca de R$ 64.200) e US$ 12.195 na + (R$ 65.850), contra US$ 11.995 e US$ 12.985 das antecessoras. No Brasil, onde a nova Ducati ainda não tem data de estreia prevista, não espere por essa "aliviada" nos valores. 

Fotos: divulgação

Galeria: Ducati Monster 2021

Envie seu flagra! flagra@motor1.com