Limitada a 630 unidades, moto tem visual feito por designers das duas marcas, mas manteve motor de 162 cv

Há muitos rumores sobre o futuro da Lamborghini e da Ducati dentro do Grupo Volkswagen, sobre separar as marcas em empresas próprias ou até vender as duas. Mesmo sem essa definição, ambas estão aproveitando bem o fato de estarem dentro do mesmo grupo, como mostram pela criação da Diavel 1260 Lamborghini, uma edição especial inspirada no limitadíssimo Sian.

Revelada durante um evento especial da Ducati, a Diavel 1260 Lamborghini não esconde nem um pouco que quer ser o Lamborghini Sian FPK 37 das motos. Uma das poucas diferenças é que, enquanto o hipercarro italiano terá somente 63 unidades fabricadas, a Ducati será mais generosa e fará 630 unidades - obviamente, todas numeradas.

Galeria: Ducati Diavel 1260 Lamborghini 2021

Os designers da Ducati e Lamborghini trabalharam juntos para criar a silhueta da Diavel Lamborghini e levar alguns dos elementos visuais do Sian, incluindo a pintura Verde Gea em contraste com os detalhes em dourado Electrum. O número 63 pintado na lateral é uma homenagem à Lamborghini, que foi fundada em 1963.

Como qualquer moto esportiva italiana, a série especial da Diavel ganhou uma série de peças em fibra de carbono, como as entradas de ar, tampa do radiador, spoiler, tanque de combustível e cobertura do banco. O motor é o mesmo das outras Diavel: 1.262 cc de 162 cv e 13,1 kgfm de torque. É equipada com suspensão Öhlins e freios Brembo M50 com pinças vermelhas.

A Ducati Diavel 1260 Lamborghini 2021 será vendida com preço inicial de US$ 31.995 (R$ 170.731), o que são US$ 11.700 (R$ 62.433) mais do que o modelo normal nos EUA. Como comparação, a Diavel 1260 S vendida no Brasil custa R$ 109.990. Pela pequena quantidade de unidades produzidas, são poucas as chances de que apareça por aqui.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com