Posicionada entre a 488 GTE e 488 GT3, versão terá produção limitada

Mesmo que os carros de rua da Ferrari sejam os que mais atraem os fãs, o foco no automobilismo além da Fórmula 1 não pode ser deixado de lado. Por isso, a fabricante revela nesta quinta-feira (26) a Ferrari 488 GT Modificata, um modelo feito só para as pistas que se encaixa entre a 488 GTE e 488 GT3, misturando as melhores partes de ambos. A Ferrari diz até que se trata da "síntese perfeita" entre os dois esportivos.

No entanto, a Ferrari não apenas pegou as peças guardadas e juntou tudo em um novo carro. A empresa melhorou o motor significantemente, agora livre das limitações da FIA para o desempenho, aumentando a potência para cerca de 708 cv. Isso é mais do que a Ferrari oferece no GTE e GT3. Controlando a entrega desta força está uma transmissão automatizada de dupla embreagem e 7 marchas, que recebeu uma embreagem de fibra de carbono e uma relação específica.

Galeria: Ferrari 488 GT Modificata

A Ferrari também mexeu na aerodinâmica para aumentar o downforce dianteiro, alterando o ponto de pressão para a frente sem aumentar o arrasto. São mais de 1.000 kg de downforce a 230 km/h. Por baixo da carroceria, que usa fibra de carbono e teto de alumínio, está a suspensão da GTE. Os freios foram desenvolvidos em parceria com a Brembo, usando o sistema ABS da 488 GT3 EVO, mas ajustado para a GT Modificata.

Para ajudar na preparação, a Ferrari 488 GT Modificata foi equipada com sistemas de aquisição de dados, como V-Box. As informações podem ser enviadas para um pen-drive, para serem analisadas depois. Vem equipada ainda com câmera de ré de alta resolução, monitoramento de pressão e temperatura dos pneus e mais.

Os clientes poderão personalizar o carro direto da fábrica com diversas opções. Assim como a maioria dos modelos de corrida da Ferrari, a 488 GT Modificata terá produção limitada e, inicialmente, só será oferecida para os pilotos que participaram das categorias Competizioni GT e Club Competizioni GT. Os preços ainda não foram divulgados.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com