Fábrica de Goiana (PE) é responsável pela produção do modelo desde abril de 2015

A FCA comemora no Brasil o registro de mais um feito histórico alcançado pelo Jeep Renegade. Primeiro veículo a sair das linhas de montagem do complexo industrial de Goiana (PE), em abril de 2015, o modelo acaba de alcançar a marca de 350 mil unidades produzidas. Os números são reflexo do bom desempenho do modelo no mercado e compõem uma trajetória comercial cheia de resultados positivos.

Em dezembro de 2015, ainda no ano de estreia, o SUV bateu o recorde de vendas mensais para um utilitário-esportivo no Brasil e, no mês seguinte, alcançou o top 5 no ranking (posição inédita para um SUV). Em 2017, a marca histórica de 100 mil unidades foi alcançada. Já em junho de 2019 foi a vez de registrar a saída da unidade de número 200 mil das linhas de produção.

Galeria: Jeep Renegade Moab 2021

Atualmente, o Renegade é comercializado em 7 diferentes versões, que variam de acordo com a lista de equipamentos, tipo do motor (1.8 flex de 139 cv ou 2.0 turbodiesel de 170 cv), escolha do câmbio (automático de 6 ou 9 marchas) e opção de tração (dianteira ou 4x4). Os preços começam em R$ 81.590 na STD 1.8 flex e alcançam R$ 161.490 na Trailhawk 2.0 turbodiesel.

Entre outros diferenciais, o modelo se destaca na categoria por ser o único equipado com motor turbodiesel, câmbio automático de 9 marchas com a 1º reduzida, tração 4x4, controle de descida, seletor de terrenos e suspensão independente nas quatro rodas em todas as versões. Além disso, foi o primeiro veículo produzido no Brasil alcançar 5 estrelas para proteção de adultos e crianças nos testes do Latin NCAP.

Após a primeira reestilização, em 2018, o Renegade aguarda agora a nacionalização dos motores turboflex 1.0 e 1.3, que serão oferecidos a partir de 2021 na gama da FCA (Fiat e Jeep).

Fotos: Divulgação

Galeria: Jeep Renegade - Fabrica Goiana (PE)

Envie seu flagra! flagra@motor1.com