Nova geração deve estrear por aqui com visual próprio e motor turbo

Apresentada na Europa por enquanto apenas na versão Dacia, a nova geração do sedã Logan não deve demorar para se tornar conhecida também na variante Renault. Assim como já acontece há pelo menos duas gerações, o modelo será vendido pelas duas marcas, sempre com base na representatividade de cada empresa na região em questão.

O modelo com logotipo francês, por exemplo, será lançado em países como Brasil, Rússia e Ucrânia, assim como em mercados africanos e nações do Oriente Médio. Já a variante "original" chegará à Europa Oriental como um todo, levando a proposta de baixo custo que fez o modelo se tornar conhecido há mais de 15 anos.

Galeria: Novo Renault Logan 2022 - Projeção

Detalhes específicos sobre a versão Renault ainda são desconhecidos, mas a projeção elaborada pelo site Kolesa já adianta o aspecto geral do design. Como na geração passada, são esperadas modificações no desenho da grade, no formato do para-choque e na moldura dos faróis de neblina. Além disso, haverá detalhes específicos no interior e troca geral de logotipos.

No mais, tudo deve se assemelhar ao Logan da Dacia. Nesta nova geração, o sedã trocou de plataforma, ficou ainda mais espaçoso e mede agora 4,396 m de comprimento (ganho de 3,6 cm). A distância entre-eixos também foi alongada, enquanto os balanços foram ligeiramente reduzidos. A altura em relação ao solo é de 135 mm e o porta-malas acomoda até 528 litros.

No Brasil, a previsão de chegada é para 2022, quando a Renault irá começar a trabalhar com a plataforma CMF-B no país. São esperadas ainda novidades importantes em termos de motorização, em especial propulsores turbo de 1.0 e 1.3 litro.