Vendido na Europa somente na versão híbrida, monovolume recebe elogios por inédito airbag central

Enquanto esperamos pela nova geração do Honda Fit no Brasil, o monovolume não só é vendido na Europa como também já passou pelo rigoroso teste de colisão do EuroNCAP. A organização deu nota máxima de cinco estrelas, obtendo um resultado acima de 80% na proteção em impactos, ficando abaixo disso apenas nos assistentes de segurança. E ainda recebeu um elogio por utilizar um sistema de airbag central, protegendo os passageiros de baterem entre si.

O resultado divulgado pelo EuroNCAP mostra uma avaliação de 87% na proteção para adultos e 83% para crianças que estiverem no novo Honda Fit. No impacto frontal, o hatch mostrou boa proteção em quase todas as áreas, exceto na região do peito do motorista, que recebeu a segunda pior nota – a ONG não explicou a razão disso. No geral, o monovolume foi considerado seguro e sem apresentar qualquer risco alto de ferimentos para os ocupantes.

Galeria: Novo Honda Fit - Teste de colisão EuroNCAP

Saiu-se melhor no teste de impacto lateral, tanto contra barreira rígida quanto contra poste. O destaque foi a atuação do airbag central, que abre uma bolsa inflável entre os passageiros e foi bem avaliado pelo EuroNCAP, protegendo as cabeças tanto dos ocupantes dos bancos traseiros quanto dos dianteiros.

Não foi tão bem assim no quesito dos sistemas de segurança ativos, por uma série de fatores. Perdeu alguns pontos pela falta de detector de ocupantes nos bancos traseiros e de monitoramento de fadiga do motorista. Os testes com a frenagem automática de emergência e assistente de permanência em faixa apresentaram bom desempenho.

Todas estas melhorias fazem parte dos motivos pelos quais a Honda irá apostar em um novo modelo de entrada para o Brasil, na forma do inédito City Hatch que deve ser revelado ainda neste ano na Ásia. A nova geração do Honda Fit encareceu demais pelos equipamentos e deve adotar um novo posicionamento no Brasil quando chegar por aqui. A estreia é esperada para 2021.