Marca deve até fazer um evento só para falar dos equipamentos para o utilitário

Ainda faltam meses para que o Ford Bronco comece, de fato, a ser vendido. E a ansiedade pelo modelo nos EUA continua a crescer, ainda mais com o lançamento do configurador no site da marca. A fabricante diz que os clientes já montaram 450 mil veículos pelo site e que isso ajudou a alcançar a marca de 190 mil reservas para o utilitário.

Mesmo com o configurador online, ainda não vimos tudo o que o Ford Bronco terá a oferecer, já que uma grande parcela da experiência virá dos acessórios que serão vendidos pelos concessionários. Porém, Mark Gruber, gerente de marketing de consumidor da Ford, explicou ao Motor1.com que o configurador deve ser atualizado com mais opções quando a pré-venda realmente for iniciada para quem fez a reserva.

"Em termos de algumas das opções ou restrições, este é um lançamento tão grande em nível de complexidade que agora estamos focados em algumas das opções de maior volume para o lançamento, para garantir que teremos a maior qualidade de produto", ele disse. "Quando você estiver brincando com o configurador, os acessórios mostrados são só uma pequena seleção. Os acessórios que estão lá são somente os que serão instalados na fábrica ou centro de modificação. Estamos vendo uma grande demanda pelos acessórios."

A aposta nos acessórios é tão grande que há rumores de que a Ford fará um evento especial só para falar deles, o que deve acontecer em novembro. No total, serão mais de 200 opções para o utilitário, entre os que serão instalados na fábrica e os das concessionárias.

Galeria: Ford Bronco 2021

Além de comentar sobre os acessórios, o executivo também falou sobre as reservas pelo novo Ford Bronco. Antes a marca havia dito que já tinha recebido 165 mil reservas pelo utilitário, com alguns rumores não confirmados de que o total estaria em 230 mil. Gruber agora confirma que já passou de 190 mil pedidos. Mas essas reservas ainda não são vendas de fato, já que pedem apenas um depósito de US$ 100 (R$ 561 pela cotação atual) que será devolvido em caso de desistência. Ainda assim, é um número impressionante.

Esta quantidade de reservas é um dos motivos pelo qual a Ford já admitiu que alguns clientes só receberão o Bronco em 2022, e é possível que fique para depois, calculando 18 meses de espera pelo veículo. E isso quando o número de reservas estava em 165 mil. Até dezembro, quando a marca começará a entrar em contato com os clientes para fechar os pedidos, este número pode crescer ainda mais, aumentando o tempo de espera.

Isso gera um problema para mercados fora dos EUA. Embora exista demanda pelo Bronco em outros lugares como a Europa, a produção inicial será focada nos norte-americanos e o lançamento em outros países só deve acontecer quando o prazo de entrega estiver estabilizado. Ou seja, se o Bronco vier ao Brasil, isso só deve acontecer após 2022, na melhor das hipóteses.