Modelo vai estrear uma versão AMG eletrificada e um inédito conjunto híbrido com motor a diesel

Há algumas semanas atrás, a Mercedes-Benz revelou o carro mais luxuoso de sua história: o novo Classe S foi apresentado com uma série de tecnologias e um design evolutivo. Pois parece que o irmão menor Classe C vai seguir a mesma filosofia, conforme mostra este mais recente flagra do modelo. 

Avistado na versão sedã, o novo Classe C 2022 não vai marcar uma ruptura em termos de design, se comparado ao carro atual, embora troque toda a carroceria. Apesar de ter sido flagrado no circuito de Nurburgring, o modelo não estava fazendo testes de desempenho no limite, parecia mais uma prova de longa duração para checar o comportamento de componentes da suspensão, direção e freios.

Galeria: Flagra: Mercedes-Benz Classe C 2021

Duas novidades importantes do novo Classe C estarão na parte mecânica: uma versão esportiva AMG eletrificada e um inédito conjunto híbrido com motor a diesel para os mercados europeus. Essas variantes foram confirmadas recentemente pelo gerente de desenvolvimento da Dailmler, Ola Kaellenius. Na verdade,  Kaellenius já adiantou que o Classe C 2022 será basicamente um mini-Classe S, tanto em termos visuais quanto tecnológicos. Goste-se ou não, isso significa que deverá haver somente pequenas diferenças de estilo entre os carros, algo que a Mercedes vem sendo criticada por fazer nos últimos anos. 

Conhecida pelos códigos W203 (Sedã) e S203 (perua), a nova geração do Classe C terá uma mudança mais radical na versão topo de linha C63 AMG. Isso porque o esportivo deverá abandonar o atual V8 biturbo em favor do 2.0 turbo de 4-cilindros eletrificado - que terá de alguma forma que superar os atuais 503 cv do carro atual para fazer sentido. 

A estreia do novo Classe C se dará em algum momento do ano que vem, já como linha 2022. Além do sedã e da perua, há fortes indícios de que as carrocerias cupê e conversível serão mantidas na nova gama.