Nova geração terá lanternas horizontais e teto com caimento ao estilo cupê

Aproximadamente um mês depois de dar as caras pela primeira vez, a nova geração do Honda HR-V intensifica o ritmo de testes e volta a posar para lentes espiãs em estradas do Japão. Conforme revela imagem publicada pela imprensa local, detalhes do design final já podem ser observados em protótipos com camuflagem zebrada e confirmam especulações quanto ao desenho final.

Nesse sentido, tudo indica que a pegada cupê será ainda mais evidente e marcante nas linhas da carroceria. O nível de evolução será semelhante ao da nova geração do Fit (que avançou tecnologicamente sem perder características importantes como espaço e versatilidade), porém com design mais emocional e lanternas horizontais. Há quem diga que a proposta será parecida com a que vemos no Mazda CX-30.

Galeria: Honda HR-V 2022 - Flagra no Japão

Por sua vez, a dianteira será marcada pela nova identidade visual da marca, com destaque para faróis estreitos e compostos por luzes de LED. A grade será ampla, com formato hexagonal, e carregada de filetes cromados. No geral, a frente lembrará a minivan Odyssey Absolute vendida no Japão. O novo estilo também deixará o modelo ligeiramente maior, alcançando 4,40 metros de comprimento, 1,79 m de largura e 1,59 m de altura. Para efeito de comparação, o HR-V atual mede 4,32 m, 1,77 m e 1,58 m, respectivamente.

Mecanicamente, a principal novidade ficará por conta da nova geração do sistema híbrido. Batizado de e:HEV, o conjunto será formado pela união do motor 1.5 a gasolina com dois propulsor elétricos - exatamente como na nova geração do Fit. No monovolume, toda movimentação inicial até 80 km/h é feita pelo primeiro motor elétrico, chamado de motor de propulsão. Em situações de maior demanda de força, o motor a combustão começa a funcionar apenas para transmitir a rotação para o segundo motor (elétrico), chamado de motor de geração.

Esta versão será oferecida principalmente no Japão (onde o HR-V recebe o nome de Vezel), além de mercados da Europa. No Brasil, a julgar pelo lançamento na Ásia em maio de 2021, a nova geração deve chegar em 2022.