Auditoria do Latin NCAP reduziu avaliação do hatch de 4 estrelas para apenas 1 estrela

O resultado do novo teste de colisão do Hyundai HB20 feito pelo Latin NCAP, que acabou reduzindo a nota de 4 estrelas para apenas 1 estrela, surpreendeu muita gente, incluindo a própria fabricante sul-coreana. Em nota enviada após a divulgação do teste, a Hyundai Motor Brasil afirma que irá investigar a razão da unidade usada na auditoria ter dado um resultado diferente do teste patrocinado que foi feito em setembro de 2019.

Para relembrar o caso, na última sexta-feira (9), o Latin NCAP apresentou o seu primeiro resultado de teste de colisão de 2020. O veículo escolhido foi o Hyundai HB20, no que a organização chama de “teste de auditoria”, quando o carro é comprado pela ONG ao invés de receber o veículo direto da fabricante (chamado de “teste patrocinado). O resultado foi bem ruim para o hatchback, fazendo com que a nota final de 4 estrelas na proteção para adultos fosse reduzida para apenas 1 estrela, por causa do teste de impacto lateral.

O próprio Latin NCAP estranhou o resultado, dizendo que não encontrou nenhuma diferença na construção do carro, apenas no desempenho neste segundo teste. Até a deformação da estrutura e os pontos de impactos foram semelhantes, mas o comportamento do painel interno foi ligeiramente diferente, o suficiente para apresentar um risco maior de ferimentos em caso de acidentes.

Hyundai HB20 - Teste de colisão (2020)

Após analisar o resultado inicial, a Hyundai diz que não foi feita qualquer alteração do carro ou no processo de produção que pudesse justificar a diferença no resultado em dois testes de colisão realizados com um ano de diferença. A fabricante afirma que irá investigar o crash-test para “entender a causa real para resultados tão diferentes”, e ainda promete que, “caso haja qualquer possibilidade de melhorar a segurança do HB20, isso sempre será levado em consideração”.

Rebaixamento nas notas de seguranças dos carros não é algo tão incomum assim. Assim como o Hyundai HB20, o Fiat Palio passou pela mesma situação de 2015 a 2016, quando caiu de 4 estrelas para somente 1 estrela. Na ocasião, o motivo foi a mudança do protocolo do Latin NCAP, que passou a incluir o teste de impacto lateral. Situação semelhante foi vista com Peugeot 208 e Nissan March, ambos perdendo 2 estrelas no resultado final por conta do crash-test lateral.

Galeria: Hyundai HB20 - Teste de colisão (2020)