Fábrica de Betim (MG) atender mercado interno e exporta também para a Europa

A FCA do Brasil comemora nesta quinta-feira (17) a produção de 500 mil motores da família Firefly na fábrica da Fiat em Betim (MG). Considerada uma das plantas mais modernas do grupo no mundo, a unidade possui cerca de 160 robôs de alto desempenho e entrega diariamente cerca de 1.300 propulsores, divididos entre o 1.0 de três cilindros e o 1.3 de quatro cilindros, ambos com bloco em alumínio.

Além do mercado nacional (onde abastece as linhas de montagem dos modelos Strada, Argo, Cronos e Uno), a produção atende grandes destinos de exportação, como Itália e Polônia. Por lá, os motores equipam veículos como Panda, 500 e Lancia Y. Atualmente, cerca de 50% do volume produzido é exportado.

Galeria: FCA - 500 mil motores Firefly

“Nunca seria possível chegar a esse marco de 500 mil motores Firefly produzidos no Brasil se o time não fosse competente, com muito talento, determinação e vontade de realizar. É um produto de excelência, com tecnologia inovadora, muito apreciado pelos clientes dos mercados latino-americano e europeu”, afirma o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa.

A fábrica emprega atualmente 2.300 funcionários e está em fase de ampliação. A partir de 2021, passará a produzir motores turbo, da mesma família Firefly. “Com o início da produção dos turbos em 2021, seremos o maior hub de powertrain da América Latina. Nenhuma fábrica produzirá tantos motores e transmissões, na América Latina, como Betim”, finaliza Antonio Filosa. A planta fabrica também os propulsor Fire e as transmissões C-513 e C-510.

Fotos: Divulgação