Estreia oficial deve acontecer em outubro, junto com a divulgação do nome definitivo

Considerado o lançamento mais aguardado da Volkswagen na América do Sul neste segundo semestre, o SUV derivado do projeto Tarek parece cada vez mais próximo de ser oficializado. A estreia está confirmada para próximo dia 13 de outubro e, para atiçar a curiosidade do público, a marca tem apostado na divulgação constante de teasers com sutis detalhes do modelo final à mostra.

Também para breve, a VW promete revelar o nome definitivo do carro, já que Tarek na verdade é apenas o batismo do projeto. Na China, a marca optou pela alcunha Tharu, mas não há confirmação sobre o uso do mesmo nome no Brasil. Ao que tudo indica, a nomenclatura usada por aqui será inédita e adotada em outros países, como México e Rússia, onde o SUV também será produzido.

Galeria: Flagra: VW Tarek em versão final

Além do nome, o visual também será exclusivo. Na comparação com a versão chinesa, flagras já adiantaram que a variante sul-americana terá design com detalhes próprios. Entre as novidades, destaque para novo para-choque frontal, grade com novo formato, rodas com desenho próprio e paleta de cores com tons mais adequados ao gosto local.

Se as medidas do Tharu chinês não forem alteradas, espere por 4,45 metros de comprimento, 2,68 m de entre-eixos e porta-malas de 445 litros. Para efeito de comparação, o Compass (principal rival a ser enfrentado) mede 4,41 m, 2,63 m e possui 410 litros, respectivamente. Na prática, será posicionado exatamente entre o T-Cross e o Tiguan.

Mecanicamente, o conjunto adotado será o mesmo do T-Cross Highline: motor 1.4 TSI (150 cv e 25,5 kgfm) ligado ao câmbio automático de 6 marchas, sempre com tração dianteira. Posteriormente, segundo rumores, haverá uma inédita variante GTI com motor 2.0 TSI de 220 cv e tração integral 4Motion.

A produção será concentrada na fábrica de Pacheco, na Argentina, que recebeu mais de US$ 650 milhões em investimentos nos últimos anos para implementar a plataforma MQB e abrir uma nova cabine de pintura. A chegada às lojas, tanto no Brasil quanto na Argentina, deve acontecer em 2021.

Fotos: Divulgação e Falandodecarro