Marca confirma chegada da reestilização do SUV, seguindo as mudanças da picape S10

Após a chegada da picape média S10 com novo visual, chegou a vez do seu SUV derivado, o Chevrolet Trailblazer, adotar o novo design e mudanças nos equipamentos. A General Motors confirma que sua chegada às concessionárias será em setembro, seguindo a mesma estratégia praticada na linha 2020 - apenas na versão topo de linha Premier com motor 2.8 turbodiesel. Terá preço de R$ 269.850, conforme já consta do site oficial da marca.

A alteração no visual do Chevrolet Trailblazer 2021 é a mesma da picape S10 na versão High Country, usando uma nova grade frontal bipartida. A parte superior é bem fina e dividida por uma barra com o nome “Chevrolet” escrito por extenso, enquanto a gravatinha dourada foi para a grade inferior, no lado esquerdo. Uma diferença em relação à picape é o uso de acabamento cromado nas barras da grade, em vez do preto brilhante da S10 High Country.

Galeria: Chevrolet Trailblazer 2021

Também seguiu a picape na oferta de equipamentos. Novidade é a adoção da central multimídia MyLink com tela de 8”, atualizada para contar com internet 4G Wi-Fi a bordo e espelhamento sem fio para Android Auto e Apple CarPlay. Ainda recebeu alerta de colisão com frenagem automática e rodas de 18”. Por ser a versão mais cara, não tem qualquer opcional, mudando o preço final apenas de acordo com a pintura escolhida.

Sem o motor 3.6 V6 a gasolina de 277 cv desde a mudança para a linha 2020, o Chevrolet Trailblazer é vendido somente na versão Premier com o conhecido motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 51 kgfm, trabalhando junto ao câmbio automático de 6 marchas com tração 4x4 de acionamento eletrônico e reduzida. A GM diz que o propulsor recebeu uma nova turbina e recalibração da central eletrônica, de forma a melhorar a aceleração e reduzir o turbo lag, afirmando que o SUV vai de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos.

Fotos: divulgação