Sedã nasce no México e terá sistema apenas em nosso mercado

Esperado para novembro, o novo Nissan Versa virá importado do México e a fábrica em Aguascalientes já iniciou a produção das unidades para o nosso mercado. É o que revela Marco Silva, presidente da Nissan no Brasil, em entrevista exclusiva ao Motor1.com. O sedã compacto feito para o nosso país ainda terá carregador de celular por indução, o que não é oferecido em nenhum outro mercado.

De acordo com Marco Silva, a montagem do Nissan Versa para o Brasil começou no mês de agosto. Apesar de previsto somente para novembro, a fabricação iniciou agora por um bom motivo. Silva explica que é “para dar tempo de fazer toda a checagem de qualidade que precisamos ter. Para qualquer veículo existe todo um procedimento.” O executivo diz que o lançamento será no último trimestre, mas uma imagem vazada revela que o mês programado é novembro.

Nosso colega Renato Maia, do canal Falando de Carro, ainda apurou que o Versa nacional terá um item exclusivo que não é oferecido em outros países: o carregador wireless para smartphones. O equipamento seria fornecido por uma empresa brasileira. Ainda não sabemos quais versões terão o item, mas o mais provável é que esteja apenas nas mais equipadas, assim como acontece com o Chevrolet Onix e Onix Plus.

Novo Nissan Versa - Argentina

Além do carregador por indução, o novo Versa traz central multimídia com tela de 7” compatível com Android Auto e Apple CarPlay, ar-condicionado digital, alerta de ponto cego, câmera 360°, seis airbags, frenagem automática e de emergência, rodas de liga leve de 17”, painel de instrumentos parcialmente digital e mais. Apesar da Nissan ainda não revela a lista completa dos itens das quatro versões do carro, os executivos da empresa dizem que ele será 95% igual ao que é vendido no México.

Ele segue com o motor 1.6 aspirado, agora entregando 118 cv e 15,2 kgfm, ao invés dos 111 cv e 15,1 kgfm do atual, atualizado de forma a reduzir o atrito, além de receber uma nova central eletrônica. Terá duas opções de transmissão: manual de 5 marchas e uma nova geração da automático do tipo CVT, agora simulando 6 marchas como o Kicks.

O novo Nissan Versa chegará em quatro versões. Os preços ainda não foram divulgados, mas Motor1.com apurou que ele será competitivo, tanto em preços quanto volume. Espere por valores entre R$ 65 mil e R$ 85 mil, colocando o sedã compacto exatamente na faixa de preços de seus principais rivais como Chevrolet Onix Plus e Volkswagen Virtus.

Galeria: Novo Nissan Versa 2020: Avaliação no México