SUV de sete lugares se destaca até mesmo diante dos irmãos

Lançado na semana passada, o Caoa Chery Tiggo 8 já está nas concessionárias da marca pelo país. Mas se você está interessado em um, vá com calma: há uma fila de espera de cerca de 40 dias, segundo um vendedor consultado em uma das lojas de São Paulo (SP). "Mas pode ser que seja faturado um pouco antes", disse ele à nossa reportagem. 

O sucesso do SUV pegou até a própria Caoa Chery de surpresa, que se viu obrigada a aumentar a produção mensal de 300 para 500 unidades e, por isso, o vendedor afirmou que a entrega pode acontecer antes. Em compensação, o comprador pode escolher a cor de sua preferência entre as quatro disponíveis - preto metálico, prata metálico, cinza metálico e branco perolizado. Lembrando que o Tiggo 8 é vendido em versão única com preço promocional de R$ 156.900 no lançamento, valor que depois subirá para R$ 168.600. 

Pode parecer um volume baixo, mas estamos falando de um SUV de sete lugares de uma marca não tradicional no mercado. A Caoa Chery ainda enfrenta um processo de vencer a barreira do preconceito dos consumidores pela origem chinesa, apesar da produção de seus modelos ser totalmente local - em Jacareí (SP) e Anápolis (GO), inclusive na mesma linha de montagem do Hyundai Tucson. A relação custo-benefício é interessante pela categoria, que tem poucas opções de 7 lugares. 

Caoa Chery Tiggo 8 2021 (Brasil)
Caoa Chery Tiggo 8 2021 (Brasil)

O Caoa Chery Tiggo 8 é o carro mais caro e sofisticado da marca, tendo a primazia do motor 1.6 turbo com injeção direta de gasolina e um novo câmbio automatizado de dupla embreagem com 8 marchas e banhado a óleo - uma caixa diferente da utilizada nos modelos menores, como o Tiggo 5x. O Tiggo 8 aposta em tecnologias e porte pelo preço próximo de concorrentes menores para atrair compradores para as lojas. E parece que tem funcionado, já que apenas na loja visitada foram vendidas 10 unidades nesta semana. Segundo comunicado oficial, foram 166 carros nos primeiros quatro dias de venda, fato que levou a Caoa a aumentar a produção. 

 

Fotos: divulgação