Apesar do nome, mecânica será a mesma do LT: motor 1.0 turbo com câmbio manual de 6 marchas

Ao que tudo indica, a principal novidade da linha Onix 2021 será a versão RS, com visual esportivo para substituir a antiga Effect. Já vendida na Colômbia, ela se prepara para fazer sua estreia no Brasil a partir de setembro e, em seguida, chegar a outros mercados da região. 

O novo Chevrolet Onix RS substitui o Onix Effect na linha. Como seu antecessor, apostará alto no visual esportivo, mas ao menos dessa vez tem um motor que pode empolgar, combinando o 1.0 turbo de 116 cv ao câmbio manual de 6 marchas, conjunto que já comparamos com o famoso VW Up! TSI. O Onix Effect usava o 1.4 aspirado de até 106 cv com a transmissão manual de 6 marchas. 

O visual também será mais trabalhado que o do Onix Effect. Enquanto ele tinha spoilers e adesivos, o Onix RS abusará mais das peças e terá inclusive um destacado aerofólio traseiro, deixando o conjunto mais "nervoso". As rodas serão as de 16"  com a pintura preto brilhante. Do Premier também virão os faróis com projetores e luzes diurnas em LEDs no para-choque dianteiro, assim como as lanternas com assinatura em LEDs. Por dentro, elementos pretos se misturam a detalhes vermelhos. 

Chevrolet Onix RS

O Onix RS deverá ficar posicionado entre o LT e LTZ, misturando equipamentos desses dois. De série, podemos esperar o sistema multimídia MyLink com espelhamento de smartphones via Apple CarPlay e Android Auto, 4G com Wi-Fi a bordo, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, 6 airbags, ar-condicionado e direção elétrica. O preço deve ficar entre R$ 65 mil e R$ 75 mil.

Fotos: divulgação

Galeria: Chevrolet Onix RS