CLA 45 S usa a mesma base e motor por R$ 458.900

Pouco mais de um ano depois da estreia global, a Mercedes-AMG apresenta no Brasil os novos A45 S e CLA 45 S, versões mais potentes do hatch e do cupê de quatro portas, respectivamente. Ambos desembarcam com o novo motor 2.0 turbo de 421 cv e 51 kgfm de torque, o mais potente 4 cilindros de produção em linha do mundo. Como nos modelos mais caros da AMG, este motor é construído por um único engenheiro do começo ao fim, sendo assinado por ele. 

Com tamanho poderio, o A45 S chega aos 100 km/h em 3,9 segundos, enquanto o CLA 45 S faz o mesmo em 4 segundos com a ajuda do controle de largada - a velocidade máxima é limitada eletronicamente em 270 km/h. A transmissão é de dupla embreagem com 8 marchas e um sistema de tração integral. Os dois modelos completam a linha A e CLA, que conta desde as versões normais até os AMG 35 e 45. 

Ambos estão usando uma nova plataforma e trazem o sistema multimídia MBUX, com duas telas de 10", uma para o painel de instrumentos (este específico para os modelos AMG) e outra para funções de som, ar-condicionado e outros, com direito a comandos por voz chamados pelo "Hey, Mercedes". 

Galeria: Mercedes-AMG CLA 45 4MATIC+ 2020

O sistema de tração integral pode distribuir a força entre os eixos dianteiro e traseiro, além de cada roda do eixo. A função drift pode ser habilitada para o uso em pistas, com a ajuda do seletor de modos de condução, agora colocado em um botão giratório no volante. Nos freios, as pinças dianteiras trazem seis pistões cada e grandes discos flutuantes para, segundo a Mercedes-AMG, uso próximo de um carro de competição. 

O A 45 S e CLA 45 S podem ser encomendados com pacotes de personalização e preços iniciais de R$ 434.900 (A45 S) e R$ 458.900 (CLA 45 S). 

Fotos: divulgação

Galeria: Mercedes-AMG A 45 4MATIC+ 2020