Compactos perdem versão Intense, enquanto SUV deixa de ser vendido na variante Zen CVT

Clientes Renault interessados em adquirir versões automáticas de Sandero, Stepway e Duster encontrarão mudanças na hora de fechar negócio nas concessionárias da marca. Conforme adianta o configurador online da empresa, o portfólio dos três modelos foi alterado e teve reduzida a oferta de configurações equipadas com a transmissão CVT.

No caso do Sandero, a versão Intense automática - que desde a reestilização de 2019 fazia as vezes de variante topo de linha com motor 1.6 - foi retirada de oferta sem substituição direta. Dessa forma, o compacto passa a ser vendido apenas nas configurações Life (R$ 53.390), Zen (R$ 55.390) e GT-Line - sendo esta última a única a ofertar opção de transmissão CVT (R$ 73.890). A esportiva R.S segue sem alterações, sempre com câmbio manual (R$ 75.490).

Galeria: Renault Sandero Intense CVT 2020

Na linha Stepway (versão aventureira do Sandero que foi alçada à condição de modelo independente desde 2017), também saiu de linha a variante Intense com o referido câmbio. Na prática, o aventureiro teve o portfólio reduzido para apenas duas opções: Zen manual (R$ 67.790) e Iconic CVT (R$ 80.790). Por sua vez, o Logan não aparece disponível para configuração no site, mas provavelmente seguirá a mudança dos irmãos.

Já na linha Duster, a versão Intense CVT foi mantida sem alterações. Neste caso, o modelo que saiu de linha foi a variante Zen CVT (até então a mais barata com esse tipo de transmissão). Agora, seguem em oferta as configurações Zen manual (R$ 74.690), Intense CVT (R$ 90.290) e Iconic CVT (R$ 94.290).

Fotos: Divulgação