Versão topo de linha TSX encareceu R$ 3 mil na comparação com a tabela anterior

A Caoa Chery promove no Brasil reajustes na tabela de preços de todas as versões do modelo Tiggo 5X 2021. Produzido em Anápolis (GO), o SUV compacto incorpora o primeiro aumento desde o lançamento da reestilização, em fevereiro, e fica até R$ 3 mil mais caro. A partir de agora, o modelo de entrada T custa R$ 93.990 (contra R$ 91.990 de então), enquanto a variante topo de linha TXS passa a ser tabelada a R$ 105.990 (ante R$ 102.990 de antes).

De série, a versão T oferece indicador de cinto do motorista e do passageiro, monitor de pressão e temperatura dos pneus, freio de estacionamento elétrico-eletrônico com sistema Auto Hold, controle eletrônico de tração e estabilidade (ESP), e freios a disco nas quatro rodas com ABS e EBD. Completa o pacote a central multimídia de 9 polegadas com Android Auto e Apple Car Play integrados.

Galeria: Chery Tiggo 5X 2021

A configuração TXS adiciona câmera com visão de 360°, airbags de cortina e laterais para motorista e passageiro, teto solar panorâmico e banco do motorista com regularem elétrica e ajuste lombar.

O conjunto mecânico é sempre o mesmo: motor 1.5 turbo flex com potência de 147/150 cv (gasolina/etanol) e torque máximo de 21,4 kgfm com ambos os combustíveis. O câmbio é automatizado de dupla embreagem com 6 marchas e a tração, apenas dianteira.

O Tiggo 5X é o SUV intermediário da Caoa Chery, acima do Tiggo 2 e abaixo do Tiggo 7. A partir da segunda quinzena de agosto eles ganharão a companhia do Tiggo 8, primeiro SUV de 7 lugares da marca e que também fará a estreia do motor 1.6 turbo da Chery no mercado brasileiro.  

Fotos: Divulgação