Facelift estreará em 2021 e deixará cabine mais ergonômica e tecnológica

Especulada no Brasil e em mercados internacionais desde meados de 2019, a reestilização do Jeep Compass será apresentada em 2021 com mudanças que vão além de uma simples atualização de meia-vida. Prova disso são as imagens deste flagra, publicadas pelo site Autocar Índia, que revelam pela primeira vez detalhes importantes da cabine redesenhada.

Pelo que já é possível notar, o novo Compass passará por uma importante atualização tecnológica e ganhará os mais modernos recursos disponíveis na FCA. No painel, a central multimídia ficará significativamente maior (saltará das atuais 8,4 para 10,1 ou 12,3 polegadas) e será do tipo tablet, com ângulo de visão otimizado para o motorista. Além disso, passará a rodar o sistema de entretenimento UConnect5 e contará com diversos botões de atalho na base.

Galeria: Jeep Compass 2021 (Europa)

Entre os novos recursos de conectividade, destaque para compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay sem fio e até integração com o Amazon Alexa. A nova posição da central também implicará em mudanças no console, que ficará mais alto e com comandos mais acessíveis. Apesar da camuflagem, também é possível notar a presença de um novo volante (o mesmo que estará presente nos próximos lançamentos da Jeep) e botões do sistema de ar-condicionado reposicionados. 

O modelo das fotos não revela, mas a publicação indiana adianta que nas versões mais caras o Compass 2022 terá ainda suporte para carregamento sem fio de smartphones, quadro de instrumentos 100% digital (hoje ainda tem velocímetro e conta-giros analógicos) e iluminação da cabine em LED.

Jeep Compass 2021
Jeep Compass 2021

Já por fora, as novidades serão concentradas no desenho da dianteira e em leves retoques na traseira. Ao que tudo indica, a grade será remodelada, o para-choque ganhará novas entradas de ar e molduras para as luzes de neblina, ao passo que os faróis terão novo arranjo de luzes. A traseira também terá lanternas com nova disposição interna de elementos e sutis alterações no formato do para-choque. Completarão o conjunto rodas com novas opções de desenho.

Sob o capô, o grande destaque ficará por conta do novo motor 1.3 turbo, já oferecido no Compass europeu e que no Brasil substituirá o atual 2.0 aspirado. Será flex e renderá por volta de 180 cv, devendo vir associado à uma nova transmissão automática do tipo CVT. No topo da gama, o propulsor 2.0 turbodiesel de 170 cv seguirá em oferta sem grandes alterações - neste caso com transmissão automática de 9 marchas e tração 4x4. O lançamento é aguardado para a primeira metade de 2021, já como linha 2022.