Crossover pode compartilhar plataforma e alguns motores com o Nissan X-Trail

O Mitsubishi Outlander é um dos modelos mais importantes da marca atualmente, se não for o principal carro da empresa. O SUV está entre os híbridos plug-in mais vendidos do mundo e a fabricante sabe muito bem quão importante será seu sucessor. Ele aparece em testes novamente, ao mesmo tempo em que a marca confirma que ele será apresentado no começo de 2021, iniciando as vendas ainda no 1º trimestre.

No curto comunicado enviado à imprensa, a Mitsubishi diz que o novo Outlander será o carro mais bem equipado e mais silencioso da marca, com equipamentos com frenagem automática de emergência de série, além de outros equipamentos de segurança. "Totalmente redesenhado e reimaginado de todas as maneiras, o novo Outlander incorpora a última linguagem de design da Mitsubishi, com uma aparência arrojada, agressiva e distinta", diz a fabricante, "recheado de tecnologia e melhorias no interior significantes, este veículo muda o jogo e irá surpreender muitos."

Galeria: Mitsubishi Outlander 2022 - Novos flagras

Enquanto isso, o carro foi avistado novamente em testes, como mostra o site ElectricVEhicleWeb, e mostram um protótipo ainda bem camuflado, mas já com a carroceria e os faróis definitivos. Boa parte do exterior está escondido, mas é possível ver as duas luzes enormes na frente, com faróis de condução diurna em LED na borda do capô. A grade deve seguir o estilo "Dynamic Shield" que está sendo adotado por todos os carros da empresa desde o lançamento do Eclipse Cross.

Ainda não podemos confirmar neste momento, mas rumores apontam que o novo Outlander irá usar a mesma plataforma CMF-C/D da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, que equipa o novo Nissan X-Trail. A motorização continua a ser um mistério por enquanto e a única certeza é que terá uma versão híbrida plug-in atualizada, com um conjunto de baterias de maior capacidade para aumentar a autonomia elétrica.

A apresentação do novo Mitsubishi Outlander acontecerá no início de 2021 e as vendas começarão no mesmo momento, no 1º trimestre do ano que vem, começando pela Europa e Ásia. Por aqui, a estreia deve acontecer ao longo do ano, já que a HPE Automotores, representante da marca no Brasil, tem acelerado o ritmo para manter a linha atualizada.