Em live para os concessionários, marca apresenta sua nova estratégia de marketing e fala em grandes mudanças nos próximos dois a três anos

Quem prestou atenção nos detalhes da nova Strada, como a volta do logotipo de barrinhas e o escrito Fiat na grade dianteira, já pôde ter uma ideia de que viriam mudanças na marca italiana. Hoje (22), em live realizada para os concessionários, a Fiat de fato apresentou o que chama de "rebranding", ou seja, um reposicionamento da marca em termos de imagem, produtos e serviços. Além disso, anunciou novidades para os próximos dois a três anos, de modo que, junto com essa nova identidade, façam a Fiat voltar a disputar a liderança do mercado brasileiro. 

Tudo começa pelo novo logotipo, com a escrita Fiat bem destacada na grade dianteira dos veículos, além das barrinhas em alusão ao antigo logotipo da empresa nos anos de 1970 e 1980 - a diferença é que agora elas têm a cor da Itália (verde, branco e vermelho), pois a Fiat quer reforçar o fato de ser mezzo italiana, mezzo brasileira. Essa nova identidade visual será aplicada em todos os lançamentos daqui para a frente, incluindo novos modelos, reestilizações ou atualizações de ano-modelo - estará na Toro e no Argo em 2021, por exemplo. 

Fiat Strada Volcano 1.3 2021
Fiat Strada Volcano 1.3 2021

A mudança também inclui toda a comunicação visual das concessionárias, da fachada até a mesa dos vendedores, passando por uma área de convivência nas lojas, com direito a locais de coworking (para trabalhar enquanto espera seu carro na revisão, por exemplo), café e espaço kids. Dez concessionárias já apresentam este novo layout, mas a Fiat também apresentou um plano de financiamento para as demais se adequarem ao novo padrão o mais rápido possível - o plano é ter toda a rede renovada até 2022. 

Flagra: Fiat SUV do Argo

SUV compacto com base do Argo chega em 2021 com motor 1.0 turbo e câmbio CVT

Para representar essa identidade, a Fiat resgata também um antigo slogan, agora levemente atualizado. "Fiat. A Paixão Move", que remete ao "Movidos pela Paixão" usado no passado. A ideia da marca é se reaproximar dos antigos valores da empresa, para se tornar mais próxima do consumidor. "A Fiat é pop", reforçou o diretor do brand Herlander Zola, durante a live. 

Toda essa transformação, claro, também passa pelo lançamento de novos produtos. Neste sentido, pela primeira vez a Fiat confirmou publicamente o desenvolvimento de dois SUVs, dos motores turbo e do câmbio automático CVT. Desses, o primeiro a chegar deve ser a transmissão CVT, esperada na Strada para breve - fim de 2020 ou começo de 2021. Os motores turbo serão derivados dos conhecidos Firefly 1.0 de 3 cilindros e 1.3 de 4 cilindros, porém com injeção direta, cabeçote de quatro válvulas por cilindro e turbocompressor. O 1.0 turbo vai equipar a linha Argo e o novo SUV compacto em 2021, enquanto o 1.3 turbo estará na Toro (2021) e no SUV derivado do conceito Fastback (2022). 

Nova concessionária Fiat 2020
Nova concessionária Fiat 2020
Fiat Toro 2022 - Flagra

Toro será reestilizada e receberá motor 1.3 turbo no ano que vem

"Dentro de dois a três anos, posso afirmar que a Fiat estará brigando pela liderança do mercado novamente", concluiu Zola, confiante nos novos produtos e na mudança da estratégia de marca´, conforme detalha o vídeo abaixo. E aí, será que a marca voltará à briga com Chevrolet e Volkswagen em volume? Deixe sua opinião nos comentários. 

Fotos: divulgação e arquivo Motor1.com   

Galeria: Fiat Fastback Concept - Salão de SP 2018