SUV de entrada da marca ficará mais sofisticado e ganhará tecnologias dos irmãos maiores

Lançada mundialmente em 2015 e reestilizada em 2019, a atual geração do BMW X1 começa a preparar sua despedida do mercado. Internamente, a marca bávara já trabalha no desenvolvimento da próxima geração do SUV compacto e deve colocá-la efetivamente no mercado em meados de 2021.

Protótipos camuflados já iniciaram testes de rodagem pela Europa e, com base em fotos espiãs, projetistas de plantão começaram a elaborar as primeiras renderizações. Prova disso são as imagens que ilustram esta reportagem, produzidas por Tobias Buttner e responsáveis por adiantar os principais detalhes do design do novo SUV.

Galeria: Novo BMW X1 2021 - Projeções

Apesar do nível pesado da camuflagem e da tentativa da BMW de guardar ao máximo o segredo, as projeções indicam que o próximo X1 ficará ligeiramente mais comprido e mais alto que o atual. A inspiração para o design partirá dos irmãos maiores, especialmente X3 e X5, além de lançamentos recentes como o Série 5 reestilizado. A grade terá novo estilo, mas não ficará tão grande quanto nos modelos X7 e Série 4, por exemplo. Chamam atenção ainda as maçanetas embutidas em substituição às atuais do tipo puxador.

Mecanicamente, informações ainda são desconhecidas. Tudo indica que serão mantidos os motores 1.5 de três cilindros e 2.0 de quatro cilindros, ambos turbo e dependendo da versão equipados com sistemas eletrificados (incluindo versões híbridas plug-in). Além disso, é cogitado o lançamento de uma inédita variante puramente elétrica chamada iX1, com design ligeiramente distinto.