Lançamento no Brasil é esperado para os próximos meses

Esperado desde 2018, quando foi apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, o Ford Territory está bem próximo de ser lançado na América Latina. E isso é comprovado pelas fotos publicadas pelo Argentina Autoblog, que mostram o SUV médio nas ruas uruguaias, em uma caravana que estava gravando as peças publicitárias de lançamento. O lançamento deve acontecer em agosto.

O Ford Territory será apenas um dos diversos SUVs médios que chegarão ao Brasil até 2021, todos com a missão de enfrentar o Jeep Compass. As fotos mostram o modelo com a reestilização lançada há algumas semanas na China, onde ganhou o nome de Territory S, alterando um pouco a grade frontal e as lanternas traseiras.

Galeria: Ford Territory - Flagra no Uruguai

Como já sabemos, o Territory mede 4,58 metros de comprimento, 1,93 m de largura, 1,67 m de altura e 2,71 m de entre-eixos. Ele atuará entre o EcoSport e futuro Escape Hybrid. São medidas bem competitivas, sendo um pouco maior que o Compass e seus 4,41 m de comprimento e 2,63 m de entre-eixos.

Um dos mistérios sobre este carro é sua motorização. Na China, ele é vendido com um motor 1.5 turbo de 140 cv e 22,9 kgfm feito pela Mitsubishi, aliado um câmbo CVT. Os flagras do carro no Brasil indicam que ele deve manter esta mecânica, porém, com injeção flex. No entanto, também circulam rumores de que ele pode receberia o 2.0 aspirado de 176 cv e 22,5 kgfm do EcoSport, combinado à transmissão automática de 6 marchas.

Galeria: Ford Territory S (China)

Por vir importado, a Ford deve oferecer o Territory em uma gama bem enxuta. Espere por equipamentos como teto-solar, chave presencial, freio de estacionamento eletrônico, faróis full-LED, painel de instrumentos digital com tela de 10,25”, seis airbags, câmera de 360°, central multimídia com tela de 10,1” com Android Auto e Apple CarPlay, rodas de liga leve de 18” e mais.

A expectativa era que o Ford Territory chegasse ao Brasil com preços entre R$ 110 mil e R$ 130 mil, mas com a disparada do dólar e as dificuldades com fornecedores após a pandemia podem fazer com que ele chegue por mais do que isso – vale lembrar que o EcoSport Storm já é vendido por R$ 108.990.

Ouça nosso podcast: