Simon Loasby, novo chefe de design, está disposto a implementar mudanças

Adotada por marcas como BMW, Volkswagen, Audi e Mercedes, a estratégia de padronização visual do portfólio - chamada de "family face" - parece não ser algo visto com bom olhos dentro da Hyundai. Prova disso vem de Simon Loasby, novo chefe de design da empresa, que afirmou recentemente em entrevista não ser fã desse tipo de recurso.

Segundo o executivo, o trabalho a ser feito dentro da marca será de diferenciação e desenvolvimento de uma identidade própria para cada modelo. A ideia é que a gama seja composta por veículos de estilo único que, se bem-sucedidos, possam "transmitir" seu design para as gerações seguintes, a exemplo do Fiat 500 e do Mini Cooper.

Galeria: Hyundai 45 Concept

Dessa forma, o padrão de modelos especialmente iguais, independentemente do segmento, tamanho ou carroceria, seria deixado de lado. O primeiro modelo a adotar esse novo roteiro estético será o Hyundai 45 EV, elétrico que está sendo desenvolvido sobre uma arquitetura dedicada para veículos do tipo e que concorrerá diretamente com o Honda e.

Este modelo também será responsável por indicar os caminhos que a marca asiática seguirá daqui para frente em termos de filosofia e identidade visual, com linhas mais suaves e menos complexas. Terá carroceria com estilo fastback e será vendido globalmente.

Fotos: Divulgação