Empresa já detém 99,64% de participação e deverá adquirir os 0,36% restantes em breve

Apesar de fazer parte do grupo Volkswagen desde 1964, quando foi comprada da Daimler, a Audi ainda é não inteiramente de propriedade do grupo de Wolfsburg. Atualmente, a empresa têm 99,64% de seus papéis sob controle da VW e apenas 0,36% nas mãos de acionistas minoritários - situação que deverá mudar em breve, de acordo com reportagem da Automotive News

Segundo a agência, executivos do grupo Volkswagen planejam desembolsar 237 milhões de euros (cerca de R$ 1,4 bilhão) para adquirir a parte restante e assim assumir o controle absoluto sobre a marca das quatro argolas. O anúncio oficial da negociação é aguardado para julho ou agosto, quando será realizada a assembléia geral anual da Audi.

Galeria: Audi A3 2020

A VW parece estar tão interessada na compra que pagará pelas ações restantes um valor 50% superior ao praticado pelo mercado. Na prática, os papéis cotados a 1.050 euros cada serão adquiridos por cerca de 1.551,53 euros. Com 152.749 ações em circulação, a conta será de 237 milhões de euros.

"A Volkswagen AG anunciou e especificou o valor em dinheiro a ser pago aos acionistas minoritários em troca da transferência de suas ações a 1.551,53 euros por ação da Audi AG", afirmou a VW em comunicado à Automotive News.

Fotos: divulgação