Com mudanças leves, espera substituição apenas em 2021

Apresentado em 2013, a segunda geração do Peugeot 308 (que chegou a ser testada no Brasil mas nunca vendida) está nos seus últimos anos de vida, mas se atualiza para chegar lá. A marca aplicou uma leve reestilização em seu hatch médio enquanto não apresenta a nova - o que algumas pessoas irão criticar. 

O Peugeot 308 2020 mostra que continua atual, apesar dos rivais mais completos e modernos, como os novos VW Golf e Seat Leon na Europa. A principal melhoria é o i-Cockpit 3D, algo presentes nos novos 208 (inclusive quando chegar ao Brasil no segundo semestre de 2020) e 2008, além de uma nova tela central, com 10". 

Galeria: Peugeot 308 2020

Por fora, a única mudança é a cor Vertigo Blue, além de novas rodas. Entre os pacotes de acabamentos, há o Black Pack, onde os componentes cromados são substituídos por peças em preto brilhante, algo da moda. Entre elas, a grade dianteira, moldura das janelas, as áreas dos faróis principais e de neblina e nas rodas de 18", além das barras longitudinais quando falamos da perua, 308 SW. 

A mecânica não se altera e segue com os motores turbo, sem mudanças. Seguem as opções a gasolina 1.2 turbo de três cilindros, com 110 ou 130 cv, e o turbodiesel 1.5 BlueHDi, com 100 ou 130 cv. Os motores com 130 cv podem ser casadas com o câmbio automático de oito marchas, sendo que os demais tem apenas o câmbio manual de seis marchas. 

Peugeot 308 2020

Dentro da gama, há a boa surpresa do 308 GTi, que se mantém em linha. A versão esportiva segue com o 1.6 turbo com 163 cv. O preço é maior agora pelo valor a mais pelo maior número em emissões de CO2. 

Ainda não há data oficial para a venda do Peugeot 308 2020, mas devem chegar aos concessionários europeus em breve - e nunca ao Brasil. A nova geração deve ser apresentada em 2021, inclusive com versões híbrida e elétricas, como o 208