Entre os modelos maiores, Panamera repetiu a liderança do mês anterior

Se o mercado brasileiro como um todo recuou 75,8% em maio na comparação com o mesmo período de 2019, o segmento de sedãs premium foi bem menos afetado pela pandemia. Com 490 emplacamentos considerando as duas categorias, a retração foi de pouco mais de 55%. Preferido entre os modelos médios, o BMW Série 3 contribuiu decisivamente para que os números não fossem tão negativos.

Com 256 emplacamentos, praticamente o dobro do registrado em abril (132), o representante da marca bávara foi o único a crescer nos últimos 12 meses (+34,7%) e respondeu por 55,4% dos registros do segmento – ou pouco mais de 52%, se considerarmos também os modelos maiores. Deste total, vale ressaltar, mais de 10% (26) foram da nova versão híbrida 330e.

Mercedes Classe A Sedan x Honda Civic Touring
Volvo S60 2019

Na briga pela vice-liderança, o Mercedes Classe C retomou a posição perdida para o Classe A Sedan por apenas 5 unidades (62 x 57). Fechando o top 5, dois modelos da Audi com quedas acima dos 70%: A3 Sedan (46) e A5 (19). Quinto em abril, desta vez o Mercedes CLA (10) se contentou com o sexto lugar.

Em mais um mês fraquíssimo, o A4 (4) ficou atrás do Volvo S60 (6) – para se ter uma ideia do desempenho do Audi, o número representou menos de 2% dos emplacamentos do líder. Maio também marcou a estreia do BMW Série 2 Gran Coupé (1), empatado na lanterna com o Jaguar XE (1).

Porsche Panamera 4 e-Hybrid

Na faixa superior, na qual nenhum modelo chegou à casa dos dois dígitos, o Porsche Panamera (6) repetiu a liderança do último ranking, seguido pelo empate entre o BMW Série 5 (5) e o Mercedes Classe E (5). Terceiro em abril, o Volvo S90 (1) foi superado pelo Audi A6 (4), pelo BMW Série 7 (3) e pelo Lexus ES (2), dividindo a lanterna com o Audi A7 (1) e o Mercedes CLS (1).

 

Sedãs Médios Premium

POS.

MODELO

MAI/20

ABR/20

MAI/19

% MAI 20

% ABR 20

VARIAÇÃO MAI/ABR

VARIAÇÃO 2020/2019

BMW SÉRIE 3

256

132

190

55,41%

44,90%

93,94%

34,74%

MERCEDES-BENZ CLASSE C

62

43

299

13,42%

14,63%

44,19%

-79,26%

MERCEDES-BENZ CLASSE A SEDAN

57

56

0

12,34%

19,05%

1,79%

-

AUDI A3 SEDAN

46

32

258

9,96%

10,88%

43,75%

-82,17%

AUDI A5

19

8

70

4,11%

2,72%

137,50%

-72,86%

MERCEDES-BENZ CLA

10

12

111

2,16%

4,08%

-16,67%

-90,99%

VOLVO S60

6

7

0

1,30%

2,38%

-14,29%

-

AUDI A4

4

3

68

0,87%

1,02%

33,33%

-94,12%

BMW SÉRIE 2 GRAN COUPÉ

1

0

0

0,22%

0,00%

-

-

10º

JAGUAR XE

1

1

5

0,22%

0,34%

0,00%

-80,00%

 

 

462

294

1001

100,00%

100,00%

57,14%

-53,85%

Sedãs Grandes Premium

POS.

MODELO

MAI/20

ABR/20

MAI/19

% MAI 20

% ABR 20

VARIAÇÃO MAI/ABR

VARIAÇÃO 2020/2019

PORSCHE PANAMERA

6

6

2

21,43%

30,00%

0,00%

200,00%

BMW SÉRIE 5

5

4

45

17,86%

20,00%

25,00%

-88,89%

MERCEDES-BENZ CLASSE E

5

1

13

17,86%

5,00%

400,00%

-61,54%

AUDI A6

4

0

6

14,29%

0,00%

-

-33,33%

BMW SÉRIE 7

3

2

1

10,71%

10,00%

50,00%

200,00%

LEXUS ES

2

2

21

7,14%

10,00%

0,00%

-90,48%

AUDI A7

1

0

0

3,57%

0,00%

-

-

MERCEDES-BENZ CLS

1

2

10

3,57%

10,00%

-50,00%

-90,00%

VOLVO S90

1

3

1

3,57%

15,00%

-66,67%

0,00%

 

 

28

20

99

100,00%

100,00%

40,00%

-71,72%

Fonte: Fenabrave

Fotos: divulgação e Motor1.com

Galeria: Novo BMW 330i (lançamento Brasil)