Dupla ganhará novo motor 3.0 biturbo de seis cilindros que entregará até 510 cv

O CEO da BMW M, Markus Flasch, decidiu usar sua conta no Instagram para responder perguntas dos fãs sobre os modelos da marca e muito mais. Nos quase 20 stories, o executivo fala sobre a apresentação do M5 reestilizado, marcada para daqui a duas semanas, e ainda revela que os novos M3 e M4 serão revelados em setembro.

De acordo com Flasch, a BMW está na fase final de testes do M3 na lendária pista de Nürburgring Nordschleife, reiterando que o sedã esportivo será oferecido tanto com um câmbio manual de 6 marchas quanto com o automático de dupla embreagem e 8 posições. Ele ainda revelou que o M3 terá versões de tração traseira e integral e que tudo isso também será oferecido no cupê M4.

Galeria: BMW M3 CS 2022 - Flagra

E não para por aí. Flasch ainda prometeu que a dupla terá até 510 cv, o que significa que podem passar da versão Competition da geração anterior, que entrega 460 cv. Esta potência é a mesma que a BMW oferece nos X3 M e X4 M Competition. Embora ele não tenha revelado o torque, ele deve ser os mesmos 61,1 kgfm entre nos dois SUVs.

Vale lembrar que o motor S58, um 3.0 biturbo de seis cilindros, é oferecido apenas com a transmissão de dupla embreagem e tração integral xDrive, ou manual com tração traseira. Ou seja, os clientes não poderão comprar a variante automática com tração traseira ou o contrário. A BMW ainda fará uma variante mais potente do M3, pois nossos espiões viram um protótipo do M3 CS em testes. Há rumores também sobre a volta do nome CSL, mas isso deve acontecer mais para frente.

Acredita-se que a BMW irá iniciar a produção dos novos M3 Sedan e M4 Coupe em novembro, começando a entregar o veículo na Europa no início do ano que vem. Em algum momento de 2021 o M4 receberá a variante conversível e dizem que também terá uma versão Gran Coupe. Considerando a velocidade em que a BMW está trazendo os produtos ao Brasil, é possível que o lançamento aconteça no final do ano que vem.