Fábricas sediadas em São Paulo só terão atividades retomadas no dia 25 de maio

Até então programada para o próximo dia 18, a retomada das atividades fabris das plantas paulistas da Volkswagen deverá demorar mais que o previsto para acontecer. Segundo a marca, a extensão da quarentena para combate à Covid-19 em todo o estado de São Paulo obrigou a prorrogação da data do retorno em mais uma semana. Dessa forma, a nova previsão é de que o reinício ocorra no dia 25 de maio, adianta o sindicato dos metalúrgicos.

A medida vale tanto para a fábrica de São Bernardo do Campo quanto para as unidades de Taubaté e São Carlos. A primeira é responsável pela montagem da picape Saveiro, do hatch Polo e do sedã Virtus. Em breve, produzirá também o aguardado crossover Nivus. Por sua vez, Taubaté abriga a fabricação Gol, Voyage e Up!, enquanto São Carlos é dedicada à produção de motores.

Galeria: Volkswagen Virtus começa a ser produzido

Para viabilizar a produção e evitar que os funcionários possam contrair o novo coronavírus, um rigoroso protocolo de proteção sanitária será implementado. Em abril, a própria Volkswagen anunciou a criação do plano com aproximadamente 100 pontos de proteção a serem seguidos.

Detalhes não foram informados, mas tudo indica que medidas como medição da temperatura dos funcionários na entrada da fábrica e adaptações na linha de montagem para manter distância entre os empregados serão adotadas.

Fotos: Divulgação 

Fonte: Volkswagen