Designer recria variante lançada em 1989 na carroceria da oitava geração

Lançada em 1989 tomando como base a carroceria de quatro portas da segunda geração, o Volkswagen Golf Country é uma das versões mais curiosas do modelo. Tinha suspensão elevada, tração 4x4 e capacidade para enfrentar trechos moderados de off-road. Durante cerca de três anos, foi produzido pela Steyr na cidade austríaca de Graz ao volume total 8 mil unidades. Saiu de linha por conta da baixa demanda e preços elevados para a época.

Trazendo a proposta para os dias atuais e levando em conta o apetite do mercado global por crossovers, o site russo Kolesa reviveu o icônico Golf Country com base no design da oitava geração. A proposta seguiu à risca as modificações do veículos original, incluindo suspensão elevada e visual com pegada robusta.

Galeria: Volkswagen Golf Country - Projeção

Logo de cara, chama atenção a distância em relação ao solo ampliada e os pneus específicos para uso no fora-de-estrada. São destaques também o rack de teto, as molduras nas caixas-de-roda e o para-choque com desenho emprestado do esportivo GTI - porém com aspecto mais resistente e até gancho embutido. A traseira tem para-choque próprio e saída dupla de escapamento. Por fim, o teto com barras transversais completa o traje campeiro.

Apesar de já ter existido no passado, o Golf Country de agora é apenas um exercício de design. A Volkswagen já atua nesse nicho com os diversos SUVs que possui na linha, incluindo T-Cross, T-Roc e Tiguan.