Crossover estreou por aqui em 2009 e chegou a fazer sucesso nos primeiros anos

À venda no mercado brasileiro desde 2009, quando estreou trazendo a proposta de "carro design", o crossover Kia Soul está oficialmente fora de linha por aqui. Apesar de ainda constar no site da marca, o modelo não está mais sendo comercializado e deve sumir completamente das lojas assim que os estoques forem zerados.

O fim de linha acontece principalmente em decorrência das baixas vendas. Apesar de ser oferecido por R$ 79.990 desde o fim do ano passado (generoso desconto de R$ 10.000 sobre o preço de tabela), o Soul definitivamente não emplacava mais. As vendas pífias contrastavam com os primeiros anos de sucesso do modelo por aqui. Em 2011, no auge, mais de 25 mil unidades foram emplacadas. Já em 2018, durante todo o ano, foram míseros 127 exemplares.

Galeria: Kia Soul 2020

A derrocada do Soul tem relação direta com o chamado "super-IPI", sobretaxação para veículos importados implementada em 2012 como parte do programa Inovar-Auto, que visava proteger a indústria nacional. Desde então, os preços subiram significativamente e comprometeram diretamente a competitividade do modelo. A Kia até tentou emplacá-lo como veículo premium a partir de 2014, já na segunda geração, mas a estratégia não vingou. O crossover era vendido em versão única de acabamento, sempre com motor 1.6 flex e câmbio automático de 6 marchas. 

Até mesmo o lançamento da terceira linhagem (veja na galeria de imagens), revelada lá fora em 2018, está comprometido por aqui. Os planos iniciais previam a estreia local para julho, mas a alta do dólar e o surto do novo coronavírus mudaram completamente o cronograma. "Não temos previsão", disse a Kia em resposta à nossa reportagem.

Fonte: Kia