Versão mais potente do tradicional off-road britânico está a caminho

Lançado no fim do ano passado com propulsores 2.0 turbo e 3.0 de 6 cilindros em linha, o Land Rover Defender de nova geração não deve demorar para ter sob o capô mais uma potente opção de motorização. Conforme adianta a revista britânica Autocar, a JLR trabalha para adicionar o conhecido motor 5.0 V8 ao portfólio do SUV já nos próximos meses. Protótipos flagrados rodando em testes confirmam a informação.

De acordo com a publicação, a chegada do powertrain representará o lançamento de uma nova variante topo de linha para o Defender. Detalhes ainda são limitados, mas tudo indica que será uma verdadeira opção de luxo para os fãs mais abastados de veículos off-road. A meta será oferecer requinte e conforto a bordo como nunca antes visto em um Defender.

Galeria: Land Rover Defender 2020

O que mais intriga, porém, é o fato de este propulsor estar prestes a sair de linha. Fornecido pela Ford (ex-dona da Land Rover), ele é produzido no Reino Unido em uma fábrica que em breve será desativada. A Autocar especula que a JLR formou estoque suficiente para usá-lo no Defender luxuoso, cuja produção será restrita a poucas unidades.

Até o momento, a adoção do motor está sendo pensada apenas para a carroceria 110, de quatro portas. No entanto, se houver boa aceitação, nada impede que o V8 possa chegar também ao Defender 90, de apenas duas portas.