Próxima geração do hatch médio tem estreia prevista para o final de 2021

A segunda geração do Peugeot 308 foi reestilizada há exatamente três anos e começa a mostrar sua idade, principalmente porque rivais como Ford Focus, Volkswagen Golf e outros já avançaram de geração. Isso significa que a marca frança precisa agir rápido e trabalhar no novo 308. Segundo a mídia europeia, isso acontecerá no final do ano que vem ou começo de 2022.

A revista britânica Autocar afirma que o novo Peugeot 308 terá grandes mudanças. Ele contará com uma versão atualizada da plataforma modular EMP2, usada pela geração atual do hatch médio. As versões normais do carro receberão motorizações mais eficientes e eletrificações, além de uma possível variante híbrida de alta performance.

De acordo com a publicação inglesa, o novo 308 irá se beneficiar de uma mecânica com três motores na versão topo de linha. Contará com o 1.6 turbo de quatro cilindros na frente, e dois propulsores elétricos, um em cada eixo, da mesma forma que o 3008 PHEV. Será uma versão esportiva com mais de 300 cv e tração integral, para competir diretamente com o novo Volkswagen Golf R - rumores dizem que o modelo alemão também terá uma opção híbrida.

Esta variante será feita pela Peugeot Sport Engineered (PSE), divisão recém-criada pela PSA para cuidar do desenvolvimento de modelos esportivos. O 308 mais potente deve receber uma suspensão mais firme e freios mais eficientes para ajudar a domar a nova potência. Porém, este modelo não deve receber o nome GTi, usado até então pelo hot hatch, limitando o batismo para o futuro 208 GTi.

Já as variantes normais do Peugeot 308 devem continuar a oferecer motores a gasolina e diesel, como o 1.2 turbo de três cilindros. Assim como foi com o 208, o hatchback médio também deve oferecer uma variante totalmente elétrica, batizada como e-308.

Galeria: Peugeot 308 facelift