Modelo agora parte de R$ 105.990 na versão GLi; veja nova tabela

Não foi apenas a linha importada da Toyota, com o SUV RAV4, o híbrido Prius e o sedã grande Camry, que ficou mais cara após a pandemia e a disparada do dólar. A tabela de maio da montadora também traz aumentos para seu modelo mais vendido, o Corolla, em todas as versões. Os preços subiram de R$ 2.900 a R$ 5.100 e já constam do site da empresa

Com motor 2.0 flex, a versão de entrada Corolla GLi agora sai por R$ 105.990 (subida de R$ 3.000), enquanto a intermediária XEi foi para R$ 116.990 (R$ 2.900 extras) e a de topo Altis chegou a R$ 134.990 (R$ 4.600 a mais). 

Já a configuração 1.8 híbrida segue custando o mesmo que a Altis 2.0, agora partindo de R$ 134.990 na versão Altis Hybrid (R$ 4.600 de aumento). Já a Altis Hibrid Premium chegou a R$ 142.490, justamente a que teve o maior reajuste (R$ 5.100). Vale lembrar que o conjunto híbrido do Corolla, mesmo do Prius (porém com o 1.8 sendo flex), vem importado do Japão.

Toyota Corolla 2020 (BR)

Apesar dos aumentos, não houve mudança no pacote de equipamentos e/ou configuração de nenhuma versão. Modelo mais vendido do segmento de sedãs médios, o Corolla foi renovado por completo no ano passado, quando também ganhou versão híbrida pela primeira vez. 

 

Tabela de preços (maio 2020):

Corolla XLi 2.0: R$ 105.990

Corolla XEi 2.0: R$ 116.990

Corolla Altis 2.0: R$ 134.990

Corolla Altis 1.8 Hybrid: R$ 134.990

Corolla Altis 1.8 Hybrid Premium: R$ 142.490

 

Fotos: divulgação  

 

Galeria: Toyota Corolla 2020 (BR)