Item de segurança é de série para o modelo na Europa. Lançamento é esperado no Brasil para este ano

A nova geração do Honda Fit (conhecido na Europa como Jazz), será o primeiro carro a carregar o logo e:HEV, como parte da estratégia de modelos eletrificados da empresa. Também promete ser um dos carros mais seguros da Europa ao adotar um novo equipamento de segurança. Refletindo a importância que a marca dá para a integridade dos passageiros, a Honda revela que ele será o primeiro a contar com um airbag central de série.

O novo airbag central dianteiro usado pelo Fit atua no espaço entre o motorista e o passageiro e passa a ser uma das 10 (!) bolsas infláveis do hatchback. Ela fica na parte de trás do banco do motorista e foi criado para evitar o contato entre o condutor e o passageiro dianteiro em caso de uma colisão lateral.

O novo equipamento de segurança utiliza três cordas conectadas para guiar o airbag em volta do motorista, atuando como uma mola para fazer com que abra corretamente e entregue o máximo de proteção possível. Ele funciona em harmonia com as bolsas infláveis laterais e frontais, de forma que não interfiram um na função do outro.

Outro item importante para este novo airbag é o tensionador do cinto de segurança, que reduz o movimento lateral do motorista e do passageiro dianteiro. Esta redução é ajudada pelo apoio de braço central, posicionado mais alto no novo Fit. Segundo os testes internos da Honda, esta nova tecnologia pode reduzir ferimentos na cabeça em 85% para o motorista e em 98% para o passageiro.

external_image

O novo Fit também conta com um sistema de airbag laterais traseiros. A bolsa inflável de dois estágios é montada no assento e é ativada de forma a proteger os passageiros em caso de uma colisão lateral na área da porta traseira ou da coluna C. A marca destaca que este airbag não afeta o sistema "Magic Seat", que permite mover o banco traseiro de diversas maneiras para aumentar o espaço do porta-malas para até 1.203 litros.

Além do novo airbag central, a Honda equipou o Fit com uma bolsa inflável na região do joelho do motorista e que cobre toda a lateral, contribuindo para proteção na região do peito e cabeça.

A nova geração do Honda Fit já estreou no Japão e na Europa, apostando em uma versão híbrida com motor 1.5 e duas unidades elétricas, entregando 109 cv e 25,8 kgfm de torque. Os testes oficiais na Europa indicam que ele faz até 27,7 km/litro. Embora a fabricante não fale oficialmente, o hatch faria sua estreia no Brasil em novembro, durante o Salão do Automóvel de São Paulo. Com a paralisação da fábrica em Itirapina (SP), há chances de que o lançamento atrase alguns meses.

Galeria: Novo Honda Fit - Japão