Ela começou a ser vendida na China com motor refrigerado a líquido de 29,2 cv de potência

Para quem ainda não sabe, a Haojue é a parceira chinesa da Suzuki, que ficou responsável pelas motos de baixa cilindrada da marca japonesa. Por meio da joint-venture Changzhou Haojue Suzuki Motorcycle Co, a empresa fabrica, por exemplo, a Chopper Road 150 (versão atualizada da antiga Intruder 125), e a DK 150 (substituta da Yes 125), entre outros modelos.

No Brasil, o lançamento mais recente da Haojue foi a DR 160, uma estilosa street que se destaca por componentes como suspensão invertida na dianteira, freios a disco nas duas rodas e faróis de LED, entre outros itens. Pois agora a marca sino-japonesa dá mais um passo acima com a nova Haojue DR 300, a equivalente à Suzuki GSX-S300. Mostrada na Chongging Mobo Fair de 2018, ela enfim começa a ser vendida na China. E pode ser uma (boa) opção para complementar a linha da fabricante também no Brasil. 

Haojue DR300
Haojue DR300

Com produção iniciada na China no mês passado, a DR 300 traz muitos dos elementos de destaque da irmã 160, a começar pelo design invocado e componentes raramente vistos na categoria. Os faróis são em LED com DRL também em LED, enquanto as bengalas invertidas da suspensão dianteira ganham destaque na cor dourada. O tanque tem capacidade para 16 litros e formato bem esportivo para encaixe das pernas do piloto. 

Pesando 177 kg (em ordem de marcha), a DR 300 é impulsionada por um novo motor bicilíndrico de 298 cc refrigerado a líquido, que entrega 29,2 cv de potência e torque de 2,83 kgfm, com ajuste para maior entrega de força em baixas e médias rotações. Trabalha em conjunto a um câmbio de 6 marchas.  

Como já mencionado, a suspensão dianteira usa garfo Kayaba invertido (que absorve melhor os impactos) e monomortecedor traseiro com 7 ajustes de pré-carga na traseira. Os freios são a disco nas duas rodas, com dois pistões na dianteira e um na traseira, amparados por um sistema ABS de dois canais da Bosch.

Honda CB 250F Twister Special Edition 2020
Yamaha Fazer 250 2020

Principais alvos: Honda Twister e Yamaha Fazer 250 são mais simples na técnica e nos equipamentos 

Outra parte que merece destaque é o painel 100% digital com fundo escuro, bastante completo, que concentra velocímetro, conta-giros, computador de bordo, indicador de marcha e marcador de combustível. Além disso, há um carregador USB para celular e outras funções. 

Pela ficha técnica e equipamentos, daria para colocar a nova Haojue DR 300 na seara da BMW G310R, mas, pelo posicionamento da marca no Brasil, a ideia seria fazer frente às famosas Honda Twister e Yamaha Fazer 250. Ou seja, com preços na faixa dos R$ 16 mil. Não seria interessante? 

Fotos: divulgação

Galeria: Nova Haouje DR300 (Suzuki GSX-S300)