SUV estreará no 2º semestre com variante híbrida plug-in; veja projeção

Este ano iremos conhecer o Mitsubishi Outlander 2020, a nova geração do SUV japonês. Ele terá mudanças importantes, pois nascerá sob a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, usando uma plataforma do grupo pela primeira vez, adotando a mesma arquitetura que o novo Nissan X-Trail (que apareceu em imagens vazadas há uns dias). Ele adotará também o esquema de faróis divididos usado pelo Eclipse Cross e outros modelos da marca.   

Galeria: Mitsubishi Outlander 2020 - Projeção

Esta projeção mostra como ficará o novo Outlander com o estilo Dynamic Shield que a Mitsubishi usa para o desenho frontal de todos os seus últimos modelos, como mostra o ASX e o Eclipse Cross - e até mesmo a picape média L200 Triton. Com vimos nos flagras, o crossover ficará com uma aparência mais robusta em comparação ao modelo atual. Também sabemos que, para conquistar clientes na Europa, ele terá uma versão híbrida plug-in.

A projeção foi baseada nos últimos flagras do modelo asiático, combinando com alguns elementos do conceito Engelbert Tourer, exibido no Salão de Genebra de 2019. Este carro conceitual, além de adiantar como ficará o Outlander, também contava com uma motorização híbrida com autonomia elétrica de 70 km, como do Outlander PHEV atual. Esperamos por esta motorização na nova geração do SUV.

Mitsubishi Outlander 2020, render de Motor1.com

O que não está claro é se o modelo japonês continuará se apoiando na versão PHEV para a Europa. É óbvio que a Mitsubishi manterá uma versão básica com motor a gasolina para algumas regiões, mas ainda não se sabe se manterá uma variante turbodiesel para o mercado asiático e latino. Ainda é cedo para ver a marca largar de vez o diesel, já que os benefícios do governo para os híbridos ainda não são suficientes em alguns mercados.

O Mitsubishi Outlander 2020 está previsto para o 2º semestre deste ano, como o carro mais avançado tecnologicamente e o mais ecológico da marca. A chegada ao Brasil deve levar mais um tempo, já que ele vem importado. Considerando o hiato que a HPE Automóveis, representante da marca no país, normalmente leva, devemos ver o SUV por aqui somente em 2021.